Economia

Mercado Livre permitirá esquema de assinatura para compras recorrentes

Se alguém quiser vender o seu produto através do sistema, terá que preencher alguns requisitos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O Mercado Livre anunciou, na tarde do último domingo (01), uma novidade interessante: o esquema de "assinatura" de compra de produtos. A ideia da empresa, que já é conhecida em outros países e utilizada pela Amazon, por exemplo, é que as pessoas que adquirem produtos com certa frequência (de limpeza, ingredientes para cozinha) possam comprar mais de uma vez sem a necessidade de realizar o procedimento mês após mês. Se o valor do produto for alterado, por exemplo, o cliente será notificado com antecedência e poderá, ou não, cancelar a solicitação.

Para o vendedor, por outro lado, não muda muita coisa. Se alguém quiser vender o seu produto através do sistema, terá que preencher alguns requisitos, como um estoque mínimo de 10 unidades, ter uma boa reputação (verde) e se encaixar em alguma das categorias de venda recorrente.