Mundo

Mergulhador é atacado por tubarão ao tentar fotografá-lo e posta resultado no Facebook

Mark Rackley sofreu 58 pontos no braço direito, na altura dos ombros; imagens são fortes

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
Um mergulhador compartilhou fotos de como ficou o seu braço após sofrer um ataque de tubarão em Sugarloaf Key, na Flórida, Estados Unidos. Mark Rackley postou no Facebook como ficaram os ferimentos causados pelo animal de 2.5 metros de comprimento, que abocanhou seu braço direito na altura dos ombros, resultando em 58 pontos.

De acordo com o jornal The Mirror, o mergulhador sabia que o predador estava na água e entrou justamente para filmá-lo, pois não queria perder a oportunidade de registrar de perto um tubarão azul, incomum na região. Contudo, o animal não gostou muito da proximidade e o atacou, embora Rackley tenha conseguido fazer algumas imagens dele.
Rackley conseguiu a tão sonhada foto do animal

Várias artérias importantes do braço do mergulhador foram rompidas e o ataque, por pouco, não foi fatal. Ele foi ajudado por amigos e levado para um hospital local, onde foi tratado. Ainda segundo Mark Rackley, a culpa do incidente foi dele. "Eu fui para o espaço dele. Aconteceu num picar de olhos. A dor verdadeira chegou quando eu estava no hospital", disse, antes de mandar um recado para as pessoas que tem medo de tubarão.
Braço, no entanto, ficou dilacerado

"Quando as pessoas veem um tubarão, elas não devem se assustar. Eles devem observá-lo. Eu quero educar o público. Tubarões são animais incríveis", assegurou.