Casamentos

Mês das Noivas: 5 dicas para fazer um casamento na praia

Planejamento é o ponto principal a ser levado em consideração para a cerimônia acontecer

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Nem toda noiva(o) sonha em subir ao altar de forma tradicional, em uma igreja. Há quem deseje oficializar a união em uma cerimônia com os pés na areia, na beira do mar. Pensando nisso, o Nanö Beach Club, espaço de veraneio localizado em Subaúma, no Litoral Norte da Bahia, listou cinco dicas para quem quer realizar uma bela festa de casamento na praia. Confira:

Foto: Robson Nascimento/Divulgação

1. Planeje-se com antecedência

As datas mais fortuitas para celebrar este tipo de cerimônia é entre o meses de outubro e março, cobrindo totalmente a época de poucas chuvas no estado. Por conta do clima, é bom se antecipar. O ideal é que o casal entre em contato com os locais em que planejam fazer a cerimônia com de oito a doze meses de antecedência. Em locais como o Nanö Beach Club, as demandas para este serviço têm aumentado significativamente, o que intensifica a necessidade do planejamento cuidadoso.

2. Contrate uma assessoria personalizada

Entrar em contato com uma assessoria habituada à produção de casamentos, em especial casamentos realizados no litoral, é essencial para evitar dores de cabeça neste processo. Na maioria dos casos, os noivos não têm experiência com a produção destes eventos e uma assessoria especializada ajuda a evitar vários problemas à vista. 

“A assessoria vai ajudar no contato dos casais com os melhores fornecedores da região, por exemplo”, explica o consultor de empresas no segmento de casamentos Jorge Grumete, que trabalha na intermediação dos noivos com os locais que realizam os casamentos à beira-mar no Litoral Norte. O profissional garante que um bom serviço de assessoria pode garantir redução de até 10% no investimento final.


3. Prefira os horários em que há menos sol

Os horários preferíveis para realizar festas de casamento à beira-mar são as chamadas 'horas douradas', tradução para o termo golden hour, que indica os horários em que os raios do sol não estão tão intensos e gera um aspecto dourado no céu. Estes momentos acontecem logo ao amanhecer e ao final da tarde, próximo ao pôr do sol. Com raios solares menos intensos as fotografias ficarão melhores e a cerimônia, mais amena.

4. Fique atento(a) com a questão da hospedagem

Casamentos à beira-mar quase sempre significam um deslocamento incomum para a maioria dos convidados, afinal, os locais escolhidos para sediar a cerimônia costumam ficar um tanto distantes das cidades. Para isso, é indispensável ficar atento em relação à hospedagem das pessoas que vão participar da celebração e que não vão poder voltar para as suas casas no mesmo dia.

5. Prefira roupas leves e cores claras

Há poucas regras num tipo de cerimônia tão fora dos padrões quanto as celebradas à beira-mar, mas a única que deve ser veementemente respeitada é o uso de roupas leves e cores claras na hora do casório. Combinando com a paisagem natural, vestimentas de cores branca, bege, ocre, ou mesmo coral, azul marinho, tons amarronzados ajudam a compôr um cenário homogêneo e romântico.