Petlovers

Mora em apartamento? Saiba como cuidar dos pets em ambientes pequenos

Animais podem desenvolver fobias e transtornos emocionais

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em


Os pets precisam ser adaptados a ambientes reduzidos com cuidado, para evitar riscos de obesidade e transtornos emocionais. Para quem mora em apartamentos ou casas pequenas, o ideal é induzir a prática de exercícios físicos na rotina dos bichinhos, conforme a raça.
 
No caso de cachorros de grande e pequeno porte, é fundamental levá-los para passear de uma a duas vezes por dia e, se possível, aproveitar o momento para estimular o contato com outros animais.

Foto: reprodução

Já os gatos, embora sejam aparentemente bem diferentes, seguem com a mesma prática, já que qualquer pet pode desenvolver fobias e depressão se permanecerem por muito tempo trancados dentro de casa.

Outra dica é usar brinquedos e exercícios lúdicos para aliviar o estresse e ansiedade. Os donos ocupados devem separar uma graninha para deixar o pet em creches apropriadas, que contam com programação e atividades que estimulam a interação com outros bichos, durante o período que ficar fora de casa. Esses cuidados são fundamentais para o psicológico do animal.