Mundo

Mulher sobrevive a grave acidente bebendo a própria urina

A mulher saiu do carro a procura de ajuda, mas ficou sem comida. Ela optou por beber sua urina e comer galhos para sobreviver

Agência O Globo
Uma mulher da Pensilvânia, nos Estados Unidos, teve que beber a própria urina para sobreviver após seu carro ficar preso numa estrada coberta de neve por 30 horas. Karen Klein, de 46 anos, estava desaparecida desde quinta-feira e foi encontrada sábado perto da fronteira dos estados do Arizona e Utah. O marido dele Eric Klein e seu filho Isaac, de 10 anos, também foram resgatados, de acordo com o Gabinete do Xerife de Coconino County.

A família estava em uma viagem de uma semana para Las Vegas, quando eles descobriram que a estrada estava fechada por causa da neve. Eles então dirigiram de volta, mas ficaram presos em uma vala. Karen saiu do carro para procurar ajuda, mas ficou sem comida. Ela optou por beber sua urina e comer galhos para a sobrevivência porque sabia que comer neve iria acelerar a hipotermia.

“Ela tomou uma decisão e nunca desistiu. Era isso ou ela morria”, disse a irmã gêmea de Karen, Kristen Haase para a “WFMZ-TV”. Seu marido, Kevin, ficou preocupado quando a esposa não voltou. Assim, ele e o filho Isaac deixaram o carro e caminharam para um terreno mais alto para conseguir sinal no celular e pedir ajuda.

O pai e o filho foram resgatados e levados para um hospital da área, onde receberam tratamento para hipotermia. Karen foi internada no Centro Médico Regional de Dixie para o tratamento de ferimentos graves.