Comportamento

Não precisa mais transar? Estudo indica que ouvir música é tão prazeroso quanto sexo

Os cientistas levaram em consideração que a relação do cérebro com a música é como se fosse um jogo de adivinhação

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Já pensou sentir prazer semelhante ao provocado por uma relação sexual sem precisar transar? De acordo com uma pesquisa realizada na Universidade Northeastern, nos Estados Unidos, ouvir música pode ativar as mesmas áreas de prazer utilizadas durante o sexo.

 Os cientistas levaram em consideração que a relação do cérebro com a música é como se fosse um jogo de adivinhação e a medida que as notas aumentam e diminuem, os nossos centros de recompensa cerebrais são ativados. Ou seja, quando você acerta qual música virá é como se fosse recompensado.

Foto: reprodução / Pixabay

 Seguindo essa linha, a pesquisa expôs um grupo de participantes a testes de escalas musicais desconhecidas e que só seriam reconhecidas por profissionais. A atividade foi avaliada por meio de ressonâncias magnéticas.
 
 O resultado apontou que as áreas cerebrais estimuladas pela música são as mesmas ativadas durante o sexo ou ao ingerir sua comida favorita.



 Para aproveitar os momentos de música de forma mais prazerosa, as dicas são: ouça músicas que gosta e também experimente ouvir outros estilos musicais (mescle os dois). Dessa forma, vai conseguir acionar o circuito cerebral do prazer e trazer mais momentos de alegria para sua vida.