Casa e Decoração

Não sabe como decorar a casa? A psicologia das cores te ajuda; entenda

Cada cor transmite uma sensação e, com isso, cada uma é mais indicada para um ambiente.

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Decorar a casa pode ser uma missão difícil para quem não trabalha com arquitetura e design de móveis. Apesar de saber do que gosta, os moradores podem ter dificuldade de colocar as ideias em prática. 

E você sabia que a psicologia das cores pode ajudar nessa missão? Isso porque cada cor transmite uma sensação e, com isso, cada uma é mais indicada para um ambiente. Confira o estudo feito pela Cleanipedia sobre o assunto:

Amarelo: A mais brilhante e energizante das cores quentes. Feliz, quente, estimulante e expansiva. 

Onde usar: Cozinha, banheiro, sala de jantar.

Laranja: Não tão chamativa quanto o vermelho. Equilibrada, vibrante, energética, amigável e convidativa.

Onde usar: Sala de estar, quarto das crianças.

Vermelho: A cor mais quente e dinâmica. Ativa, estimulante, apaixonante e poderosa.

Onde usar: quarto do casal, sala de jantar.

Verde: Inspira positividade e representa estabilidade. Relaxante, equilibrado e rejuvenescedor. 

Onde usar: Cozinha, quarto das crianças e sala de estar

Azul: Caracteriza a tranquilidade e a espiritualidade. É confiável e seguro.

Onde usar: Cozinha, banheiro e lavanderia.

Roxo: Representa a nobreza, abundância e dignidade. Mas também pode significar criatividade e imaginação.

Onde usar: quarto de casal e escritório.