Empregos

Negócios: confira dicas para investir no ramo de decoração de festa

De acordo com a especialista, é importante estudar o mercado e se preparar com cuidado antes de se jogar no trabalho.

Agência O Globo

Planejar uma festa não é trabalho fácil. Para quem deseja fazer disso uma forma de ganhar a vida, os desafios são ainda maiores. Segundo a empresária especializada em planejamento de festas Daniela Sampaio, o mercado anda movimentado e continua crescendo, mas a disputa por espaço é acirrada e exige dedicação do profissional.

Foto: Reprodução / eduK

— Houve uma explosão no mercado há 3 anos, cresceu muito. Mas ele cresceu de forma amadora, todo mundo acha que pode fazer festa infantil. É um mercado lucrativo, mas, com a alta competitividade, quem quer entrar precisa procurar se especializar para estar a frente dos seus concorrentes — afirma.

No curso que ministra na plataforma eduK, Daniela ensina os passos básicos para quem pretende iniciar uma carreira no mercado de festas infantis. Ela ensina desde a escolha do tema e a busca por fornecedores até a utilização de ferramentas de gestão para o melhor planejamento de uma festa.

De acordo com a especialista, é importante estudar o mercado e se preparar com cuidado antes de se jogar no trabalho. Participar de eventos da área para formar uma rede de contatos também é um diferencial.

— É preciso conhecer muito o mercado e entender sua área de atuação, com o que você vai trabalhar, e o mercado de onde você pretende atuar. Se a pessoa não se planejar, ela pode ficar perdida e colocar em risco sua atuação — alerta Daniela.