E. C. Bahia

Nenhum atacante tricolor balançou a rede no Campeonato Baiano

Os titulares Edigar Junio, Elber e Kayke estão devendo no estadual

Bruno Queiroz, do Correio 24 horas (bruno.queiroz@redebahia.com.br)

Em números gerais, o Bahia tem o segundo melhor ataque do Campeonato Baiano com 13 gols, junto com a Juazeirense e atrás apenas do Vitória, que marcou 15. No entanto, nenhum destes gols tricolores foi anotado por atacantes do atual elenco. A exceção seria Hernane, que fez três na goleada por 6x1 sobre o Vitória da Conquista, mas deixou o clube e acertou com o Grêmio.

Kayke e Elber estão devendo gols à torcida tricolor (Felipe Oliveira / EC Bahia)

Desde então, Guto Ferreira tem como opções para o setor: Edigar Junio, Kayke, Elber, Júnior Brumado e Geovane Itinga. Os três primeiros têm sido titulares nos últimos jogos, mas ainda não tiveram o gostinho de balançar a rede no estadual. Edigar e Kayke marcaram apenas pela Copa do Nordeste, uma vez cada.

Elber tem até mais partidas que os dois na temporada, mas ainda não “estreou” com a camisa tricolor e segue sem marcar. Júnior Brumado não foi titular em 2018, mas participou de quatro jogos e também está na seca. Geovane Itinga sequer atuou. 

Os candidatos a artilheiro terão pelo menos mais duas oportunidades de acabar com esse jejum incômodo. Contra a Juazeirense, neste domingo (4), às 17h, no Adauto Moraes, e depois diante do Jequié, quarta-feira (7), às 21h45, na Fonte Nova.Vale lembrar que o Bahia ainda não está garantido nas semifinais da competição e precisa de bons resultados contra ambos para avançar.

E não há momento melhor para os atacantes tricolores reencontrarem o caminho das redes. Os dois artilheiros do elenco na temporada, Vinícius e Zé Rafael, com três gols cada, estão suspensos e desfalcam a equipe diante da Juazeirense.

Pelos treinamentos da semana, Guto Ferreira vai dar mais uma chance ao trio ofensivo formado por Elber, Edigar Junio e Kayke. Nas vagas de Zé e Vinícius devem entrar Allione e João Pedro. Este último, lateral de origem, mas que atuaria no meio-campo, função que já exerceu no ano passado, pela Chapecoense.

Outro desfalque é o lateral-esquerdo Mena, vetado pelo departamento médico com um incômodo na coxa. O goleiro Douglas volta após se recuperar de lesão no pé.