Música

'Nossa família sempre soube que o Cristiano ia ser cantor e eu também', diz Felipe Araújo

Artista se apresenta neste domingo (25), na Área Verde do Othon, no evento 'Amigos do Araújo'

Priscila Morais* (priscila.morais@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Felipe Francisco Nascimento Araújo, ou simplesmente Felipe Araújo, é um dos cantores sertanejos mais conhecidos da atualidade. Irmão do também cantor Cristiano Araújo, falecido em 2015, o jovem artista de apenas 22 anos, afirma ter começado cedo na carreira musical, onde já gravou DVD com participação da dupla Jorge e Mateus. Felipe bateu um papo com o portal iBahia, revelou coisas da sua vida pessoal e falou também sobre a sua primeira apresentação em Salvador, no evento 'Amigos do Araújo', confira: 

Foto: Priscila Morais/iBahia
iBahia: Quando você percebeu que tinha o talento para a música?

Felipe Araújo: Música é uma coisa que pulsava bem forte na minha vida, desde criança mesmo. Sempre gostei muito de música sertaneja, principalmente Zezé di Camargo e Luciano e sempre tentei cantar as músicas em casa, até que eu aprendi a tocar violão. Meu pai me ensinou as primeiras notas e com 12 anos eu formei uma banda de rock na escola, que foi algo só pra brincar mesmo. Só que foi aí que eu percebi que era aquilo que eu queria, porque eu cantava na escola e sentia um prazer muito grande de tá cantando ali para o público e logo depois, aos 15 anos, eu formei minha primeira dupla. Graças a Deus, já tem 7 anos que eu tô na correria.

iB: A sua família sempre incentivou você a seguir a carreira musical?

Felipe Araújo: Sempre, sempre. Minha família toda! Todo mundo gosta de música na minha família, temos muitos músicos na minha família da parte do meu pai. Sempre me incentivaram muito, tanto meu pai, minha mãe e o meu padrasto também, que foi um dos que mais me incentivaram, meu irmão, enfim... Nossa família sempre soube que o Cristiano ia ser cantor e eu também seria.

iB: Sobre o show 'Amigos do Araújo' que acontece aqui em Salvador neste domingo (25), conta os preparativos pra gente. O que vem por aí?

Felipe Araújo: A gente sempre prepara um show bastante animado, mas aqui em Salvador tem que fazer o dobro da animação, né? Porque o baiano é retado, o povo é sangue quente (risos). Sempre que eu lanço um repertório novo, mesmo cantando músicas de outros artistas, eu tento colocar alguma coisa minha pra ficar a minha cara, eu sempre coloco mais na pegada do ritmo baiano, mais na 'swingueira', que tem mais haver comigo e com esse show aqui em Salvador, vai ser bem animado, a galera vai gostar porque é um show bastante eclético, a gente toca de tudo. 

iB: Qual a relação você tem com os convidados do evento?

Felipe Araújo: Eu conheço todos os cantores que vão estar lá. Eu sou muito amigo do Thiago Brava e do Breno e Caio César, e eu acho que vai ser bem legal por causa dessa energia que a gente tem um com o outro, vai ser um evento muito bom, inclusive, quero convidar toda galera de Salvador e região, porque é o primeiro show que faço aqui em Salvador e a minha expectativa é muito grande e espero ter muita gente pra tá comigo nesse show, pra fazer parte dessa festa. 

iB: Na sua opinião, como funciona a relação no meio sertanejo? Existe rixa?

Felipe Araújo: Eu acho que como aqui em Salvador, as pessoas inventaram isso de rixa da Ivete e da Claudia Leitte, as pessoas inventam também no mundo sertanejo. Nós somos muito parceiros, todo mundo é amigo. Todos os cantores sertanejos se abraçam. A música sertaneja está tão forte no Brasil inteiro, por conta também dessa união que os músicos têm e sempre estamos prontos para ajudar um ao outro.

iB: Qual artista você admira muito?

Felipe Araújo: Eu sou muito fã do Zezé di Camargo e Luciano desde criança. Sou fã demais das músicas. Quando fiz uns 12, 13 anos de idade, passei a ser um fã incondicional de Jorge e Mateus também. Graças a Deus, são dois ídolos que se tornaram dois amigos, os dois estavam presentes no meu DVD e isso é muito importante pra mim, porque gravar o primeiro DVD com participações de peso nesse nível e ainda serem dois ídolos, imagina? Muito bom!



iB: E aqui de Salvador, tem algum artista que você goste muito?

Felipe Araújo: Gosto muito do Léo Santana. Ele é 'parceiraço', gente boa e acho ele um p*** de um artista, ele é completo. Canta demais, dança pra caramba, tem uma presença de palco fenomenal e nem precisa falar o quanto ele é bonito (risos). Pra mim, Léo Santana é um artista completo. Também sou fã da Ivete Sangalo, sou fã da Claudia Leitte, tem vários artistas baianos que eu curto.

iB: Como surgiu a amizade com o Neymar?

Felipe Araújo: A gente é parceiro. Eu sou mais amigo do Jota, que é 'irmão' dele. A gente é amigo há muito tempo, o Jota teve uma época que morou em Goiânia, no final de 2012 até o meio do ano de 2013, que foi quando o Neymar foi pra Barcelona, aí o Jota morou em Goiânia nesses meses e a gente se tornou muito amigo. Quando Neymar foi pra Barcelona, ele teve que ir junto com Neymar e foi uma época bem legal na minha vida. A gente saia sempre, fazia muitas coisas juntos e essa amizade durou pra sempre. O Jota é um irmão que eu tenho e todas as vezes que eu vou pra fora, ele me recebe em casa, me apresentou o Neymar e todo mundo é agora parceiro. Sempre que eu tô lá, a gente faz uma festa legal. 

Foto: Reprodução | Instagram 

iB:? Nós percebemos que você é bastante reservado quando se trata de relacionamento. Atualmente, está namorando?

Felipe Araújo: Tô, tô namorando. É, eu sou bem reservado mesmo! Eu não gosto de ficar mostrando muitas coisas da minha vida. Não é nem que eu não goste, é porque sou tímido mesmo. Estou namorando, estou tranquilo.

Ele ta morrendo de saudade dela, ele! ????????

Uma publicação compartilhada por Felipe Araujo (@felipearaujocantor) em

iB: Sobre a nova música de trabalho, o que vem por aí?

Felipe Araújo: Então, a gente tá trabalhando nas rádios que é 'Amor Da Sua Cama', e graças a Deus está tocando bastante em todas as rádios do Brasil. Ela é muito forte, a galera tem pedido demais, tenho cantado muito nos shows e é uma música que já tá tocando há um tempo, uns três meses mais ou menos. Agora a gente vai lançar uma nova música, um trabalho mais voltado pro Nordeste, inclusive que é de um compositor baiano, um grande amigo meu que é o Tierry. A gente vai lançar a música 'Se Pegar Cê Chora' e como eu falei, é uma canção voltada para o Nordeste, e eu tenho certeza que a galera vai se identificar bastante com a história, porque acontece demais com praticamente todos os casais. Vou cantar ela no domingo e espero que a galera curta essa música. Logo, logo vai tá saindo o clipe dela.  



Confira o áudio da música 'Se Pegar Cê Chora':



*Sob supervisão e orientação da repórter Naiá Braga.