Mundo

Nova espécie de camarão é batizada em homenagem a 'Senhor dos anéis'

Odontonia plurellicola mede de 1,3 a 1,55 milímetros e, como todas as espécies do gênero Odontonia, possui um formato de corpo liso

Agência O Globo

Uma nova espécie de camarão, descoberta por uma dupla de biólogos marinhos no entorno da Indonésia, foi nomeada em homenagem ao personagem Bilbo Baggins, de "Senhor dos Anéis". Do gênero Odontonia, o crustáceo tem pelos finos e compridos nas pontas de seus oito pereiópodos — uma área que seria o equivalente a pés, em humanos. Os autores lembraram que o hobbit Bilbo Baggins era conhecido por ter os pés peludos, logo batizaram o camarão de Odontonia bagginsi.

A descoberta foi publicada na revista científica "Zookeys", e os dois autores, estudiosos da Universidade de Leiden, no Reino Unido, explicaram que se trata de um camarão tropical que vive em águas rasas do Oceano Pacífico, ao redor da Indonésia. Ele mede em torno de 3,4 milímetros.

Foto: Divulgação
Juntamente com esse camarão, foi encontrada uma segunda nova espécie, na mesma região. Esta, porém, sem um nome tão original. O Odontonia plurellicola mede de 1,3 a 1,55 milímetros e, como todas as espécies do gênero Odontonia, possui um formato de corpo liso para ajudá-lo a se aninhar dentro da cavidade do próprio corpo. Foi encontrado em jardins de corais de areia em águas profundas de 9 metros.

"Ser capaz de descrever, desenhar e até nomear duas novas espécies foi uma grande honra. Espero poder mostrar ao mundo que há muitas espécies novas esperando para serem descobertas, se você simplesmente olhar de perto!", disse em um comunicado Werner de Gier, um dos dois biólogos autores do estudo, que atualmente escreve sua tese de pós-graduação sobre crustáceos.

Ilustrando o profundo impacto que Tolkien — autor de "Senhor dos Anéis" — tem tido sobre a ciência recentemente, no início deste ano biólogos brasileiros nomearam duas espécies de aranhas das cavernas em homenagem a personagens do livro. Ochyrocera laracna está relacionada a Laracna, a tradução para o português de Shelob, a criatura gigante que picou o personagem Frodo; e Ochyrocera ungoliant homenageia Ungoliant, a mãe maligna quase imortal de Shelob.