Arte e Decoração

Obras de arte podem dar beleza de museu na decoração da casa

Peças dão imponência ao local e, segundo arquiteta, cabem em qualquer cômodo da casa

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Não dá pra negar a imponência que uma obra de arte na decoração da casa traz para um ambiente. Seja na parede ou no meio da sala, a elegância de uma peça valiosa ajuda a compor o local e deixá-lo valorizado. É o que destaca a arquiteta Ieda Korman.

“Obras de arte são a alma da casa e dizem muito sobre quem somos e o que admiramos. É nelas que o morador demonstra sua personalidade e cultura”, opina a profissional do escritório Korman Arquitetos. A especialista explica também que qualquer ambiente pode receber uma obra de arte. “É pertinente inserir uma obra de arte até mesmo na cozinha. Uma bela fotografia de temperos, por exemplo, é uma opção extremamente sensorial. Vasos cerâmicos ou de ferro, de artistas variados, e esculturas também podem abrilhantar um jardim”, diz Ieda.

A profissional explica que o que deve imperar é o gosto e perfil pessoal. "Obras de arte nunca saem de moda, mas muitas vezes determinam certo estilo”, explica. Ieda acredita que uma obra não precisa ser necessariamente cara ou de um artista consagrado para valorizar um projeto. “O morador pode possuir peças de artesanato interessantes, telas de um artista local ou pouco conhecido, e outras de valor estimativo”, diz.

Obras de arte são itens de valor e devem perdurar por gerações. Para conservá-las e preservar suas características originais, Ieda Korman ensina alguns cuidados essenciais. “Evite locais com muita iluminação solar direta, pois ela pode desbotar e agredir obras de arte. Obras também pedem por locais arejados, pois a umidade também é nociva”, explica.