Trânsito

Obras do BRT terão início nesta quinta-feira em Salvador

Intervenções serão iniciadas na região do Parque da Cidade em direção à estação do metrô da rodoviária

Redação Correio 24h
As obras de implantação do BRT de Salvador serão iniciadas nesta quinta-feira (29), quando a capital baiana celebra seus 469 anos. Os corredores exclusivos são considerados pela prefeitura uma das principais intervenções na mobilidade e no transporte público da cidade. A solenidade que marca o início das obras será realizada no canteiro central da Avenida Antonio Carlos Magalhães (ACM), na região próxima ao Parque da Cidade, às 9h.
(Imagem da projeção do BRT após as obras. Divulgação/ Prefeitura de Salvador)
No ato, o prefeito ACM Neto (DEM) vai detalhar as primeiras intervenções no trânsito e explicar passo a passo o andamento das obras nesta primeira etapa, fruto de um investimento de R$ 212.781.070,50, oriundos de financiamento junto à Caixa Econômica Federal. Cerca de 700 empregos diretos serão gerados.
O primeiro trecho dos corredores do BRT vai ligar a região do Parque da Cidade à estação de integração do metrô na área da rodoviária e Shopping da Bahia. O Consórcio BRT Salvador já deu início aos preparativos para o início das obras, com colocação de tapumes.
Segundo a prefeitura, a obra vai possibilitar a criação de linhas exclusivas, em corredores de tráfego próprios e segregado das demais vias, que vão reduzir o tempo do soteropolitano no trânsito e melhorar a mobilidade em regiões críticas. O sistema será integrado ao metrô. Este primeiro trecho terá 2,9 km de extensão.
O BRT terá capacidade de transportar 31 mil pessoas por hora, em horários de pico. Os veículos utilizados pelo sistema serão do tipo ônibus articulados com capacidade para 170 passageiros, portas largas e comprimento máximo de 23 metros, operando a uma velocidade comercial de 25 a 40 km/h. Um dos principais benefícios é que os tempos de percurso serão reduzidos.
As intervenções ainda envolvem a construção de três viadutos, sendo um no sentido Parque da Cidade/ Lucaia, outro na direção Parque da Cidade/ Iguatemi e mais um no Iguatemi, perto do viaduto Raul Seixas. No Cidadela e na região do Hiper, serão erguidos elevados paralelos para a implantação das estações em cada um desses locais.