Salvador

Obras do Sistema cicloviário de Salvador começam em 2012

Orçamento é de R$ 40 milhões

Da Redação* (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O sistema cicloviário de Salvador caminha a passos largos para sair do papel nos próximos anos. Nesta terça-feira (26), a Câmara Municipal da capital baiana recebe da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) o projeto da nova malha de transporte destinada especialmente aos ciclistas soteropolitanos.


De acordo com a diretora de equipamento e qualificação urbanística do órgão estadual, Lívia Gabrielli, a expectativa é de que as obras, orçadas em R$ 40 milhões, comecem a sair do papel a partir do início de 2012 e fiquem prontas em dois anos, a tempo para servir de alternativa para a cidade na Copa do Mundo de 2014.


O projeto que prevê a instalação dos 188 quilômetros de malha cicloviária em Salvador foi dividido em três etapas. A primeira contempla a orla da cidade e integra a capital baiana com Lauro de Freitas, onde serão construídos outros 60 quilômetros de ciclovia. A segunda etapa engloba o Centro Histórico de Salvador, onde se estuda a implantação de um plano piloto de bicicletas públicas, assim como ocorre em Paris, na França, e em Santiago, no Chile.


A terceira e última parte do projeto segue da Avenida Luiz Viana Filho (Paralela) ao centro da cidade. As principais estações de transbordo da capital baiana, como Iguatemi, Lapa, Pirajá e Mussurunga, bem como os pontos de acesso ao metrô, estão interligados às ciclovias como parte de um plano de integração entre transportes. *Com informações do Tribuna da Bahia e da Gente & Mercado.