Comportamento

OnlyFans: saiba como o hábito de mandar nudes se transformou em negócios

Atriz, videomaker e youtuber Emanuelly Raquel é uma das estrelas do entretenimento adulto cadastradas no OnlyFans

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O hábito de mandar nudes virou moda nas redes sociais e também uma forma de gerar renda. De acordo com o site OnlyFans, tirar roupa, fazer registros e enviar para pessoas dispostas a pagar pelo clique virou opção de trabalho para pelo menos 5 mil brasileiros. 

O site OnlyFans, que já tem mais de 85 milhões de usuários, surgiu com o propósito de possibilitar que artistas e influenciadores digitais comercializassem conteúdos exclusivos, como fotos, vídeo e outras criações. Com a "falta de filtro" sobre o tipo de conteúdo disponibilizado, a plataforma se transformou em um espaço de entretenimento adulto, com venda de nudes. 

Para ter acesso aos conteúdos, é preciso fazer uma conta, que pode ser na modalidade grátis ou paga. Na primeira opção, não há exigência de pagamento, mas o usuário só ver o que o criador de conteúdo decidiu deixar acessível. Já a conta paga permite visualizar as postagens e/ou interagir com os perfis disponíveis mediante pagamento, cujo valor varia entre US$ 4,99 e US$ 49,99, a depender do criador. Vale lembrar que o acesso é para maiores de 18 anos. 

A plataforma possui versão web e aplicativo para celulares Android e iPhone (iOS). O app ainda não está disponível no Brasil.

Atriz Emanuelly Raquel é uma das estrelas da plataforma | Foto: Divulgação / MF Press Global 

A atriz, videomaker e youtuber Emanuelly Raquel é uma das estrelas do entretenimento adulto cadastradas no OnlyFans. Com mais de mil seguidores, ela está no ranking 1% dos criadores de conteúdo da rede social que transformou a atuação na plataforma uma de suas principais fontes de renda.

“O consumo do meu conteúdo, para a maioria dos seguidores, é tido como uma despesa mensal de recreação. Eles curtem o contato mais exclusivo, seja via chat do OnlyFans ou comentando nos meus vídeos pagos. É mais interessante que o consumo de conteúdo adulto clássico, pois o fã pode, de certa maneira, participar da vida da sua pornstar predileta”, comenta Emanuelly Raquel.

Para ver a atriz, que também produz conteúdo para Pornhub, Xvideos, Manyvids, além de fazer vídeos para um canal de Asmr no YouTube e TikTok, o usuário do OnlyFans precisa desembolsar US$ 15,99 por mês. O plano de assinatura dá acesso a conteúdo diário e lives.