Arte e Decoração

Ouse na decoração: cimento queimado e concreto aparente são tendências na arquitetura

Entre os benefícios de incluir o cimento queimado e concreto aparente na decoração estão versatilidade, sofisticação, durabilidade e fácil manutenção

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Está pensando em decorar ou reformar a casa? O cimento queimado e concreto aparente podem ser grandes aliados. Os itens estão ganhando espaço na arquitetura moderna, presentes em residências, indústrias e espaços comerciais.

Entre os benefícios de incluir o cimento queimado e concreto aparente na decoração estão versatilidade, sofisticação, durabilidade e fácil manutenção. As técnicas  também proporcionam, sobretudo, um contraste entre cores, ressaltando detalhes, quadros, mesas e decorações, levando um estilo diferente e inovador aos ambientes.

Foto: Divulgação / Gabriela Daltro
Embora sejam visualmente parecidas, possuem aplicabilidade diferente: o cimento queimado possui viés decorativo (revestimento), enquanto o concreto aparente é usado diretamente como interferência na construção.  

Para o arquiteto baiano Márcio Barreto, da Arquitetura do Barreto, a preferência pelo cimento queimado e o concreto aparente parte da elegância, custo-benefício e coloração dos materiais na construção ou decoração dos imóveis. O profissional afirma que as variações de tonalidade cinza ganharam força na última década pela neutralidade e tranquilidade que a cor remete ao local.

“Assumindo cada vez mais uma posição de destaque nas residências, pilares, vigas e lajes agora não precisam ficar escondidas. Essas estruturas podem ser aproveitadas usando o contraste decorativo da cor cinza com móveis de cores vibrantes. A estratégia para essas áreas é colocar em evidência a textura irregular do concreto aparente, proporcionando um estilo minimalista e chamativo em moradias ou estabelecimentos”, explica.
Foto: divulgação / Gabriela Daltro
Saindo da área estrutural para a ala decorativa, Márcio propõe o uso do cimento queimado em painéis de parede para televisão, estantes de alvenaria e até no revestimento de sanitários, alternativas seguras para quem não deseja mexer diretamente na estrutura dos imóveis.

“Esse material também possui aplicação em porcelanatos, com inúmeras variações de tons e texturas para usos internos e externos. Além disso, outra possibilidade de encontrar a textura de cimento queimado são em pisos vinílicos. O produto ainda pode ser usado em mudanças, sem necessitar muito trabalho, já que pode ser colado sobre um piso existente”, elucida.

Márcio ainda explicou o conceito visual do cimento queimado em ambientes internos. “Para que está em dúvida, vale ressaltar como é a aparência do material ao ser aplicado. Aquele piso batido e cimentado que vemos em espaços externos ou garagens não são os mesmos utilizados em áreas internas. Para uso dentro das casas, apartamentos, objetos e lojas, eles possuem texturas preparadas, com acabamento liso e agradável ao toque, resistentes a trincas e água”, conclui.