Sustentabilidade

Para ir de bike e para mudar o mundo, você só precisa de inspiração

Antes de qualquer coisa, vamos deixar o Igor se apresentar:

 

Ele já sabe que ir de bike é uma forma de mudar o mundo. E que, para isso, basta um primeiro empurrãozinho — e um pouco de inspiração.

Então, vai uma inspiração aí? ;-)

Este vídeo acima foi inteirinho feito pelos alunos do Instituto Criar de Cinema, TV e Novas Mídias, que a gente tem orgulho de apoiar.

Sabe por quê?

Luz, câmera, inspiração
Histórias inspiradoras não faltam no Criar. Afinal, a essência dessa iniciativa, criada em 2004, é transformar vidas por meio de incentivo ao estudo e ao trabalho na área de audiovisual.

 

Em oficinas anuais, com 10 disciplinas técnicas e 4 socioculturais, os alunos — em geral, jovens em situação de risco, com poucas oportunidades — aprendem ofícios como computação, animação, criação de figurinos, maquiagem, além de disciplinas sobre a história do audiovisual, criatividade e até mesmo aconselhamento profissional para o futuro.

criar-ecod.jpgMais do que capacitar jovens para a área de audiovisual, a intenção do Criar é de fato lançar talentos para o mercado de trabalho, que precisa cada vez mais de profissionais. A concorrência, afinal, é bem acirrada: todos os anos, centenas de jovens disputam pelas 150 vagas disponíveis no Instituto.

Entre as histórias mais inspiradoras está a do Paulinho, que foi retratada no documentário Na Quebrada, produzido pelos próprios alunos do Criar.

A Coordenadora de Parcerias, Mariana Gholmia, conta:

“Ele chegou a levar um tiro na comunidade em que vivia e tinha dois caminhos: se revoltar ou seguir em frente, aqui no Instituto. E foi o que ele fez”.

Hoje em dia, Paulinho trabalha em um grande canal de TV por assinatura, sendo um dos alunos mais bem-sucedidos nos 10 anos de Instituto Criar.

“A transformação, aqui, é diária. Todo mundo aqui tem um grande potencial. O audiovisual é uma ferramenta entre várias para criar oportunidades para eles”, diz Mariana.

luiz-botelho-ecod.jpg“Se tem alguém que acredita que a cultura é capaz de mudar o mundo, sou eu”, diz o superintendente do Instituto, Luiz Eduardo Botelho Alfaya.

Ele explica como e por que de um jeito que até emociona:

“O audiovisual é uma poderosa ferramenta de expressão pessoal — mas, bem mais do que isso, é uma ferramenta de inspiração. Tudo de que a gente precisa para ser capaz de transformações é esperança. E a esperança vem da inspiração”.

O Igor, como a gente viu, já ganhou inspiração de sobra.

Curtiu? Saiba mais sobre o Instituto Criar.

Este texto foi publicado originalmente em www.medium.com/itau

EcoDesenvolvimento.org - Tudo Sobre Sustentabilidade em um só Lugar.