Mundo

Polícia extrai 106 cápsulas de cocaína de estômago de mulher

Polícia se negou a revelar o nome da brasileira presa, que já teria visitado a Índia três vezes

Agência O Globo

 Policiais na Índia afirmam terem extraído 106 cápsulas de cocaína do estômago de uma mulher que estaria tentando contrabandear a droga para o país. Segundo informações da mídia local, a jovem de 25 anos seria brasileira e foi presa na última semana no aeroporto internacional da capital, em Delhi.

Foto: Reprodução/Twitter

De acordo com o jornal Hindustan Times, a polícia se negou a revelar o nome da brasileira presa, que já teria visitado a Índia três vezes.

Ela teria passado a última semana em um hospital, onde recebeu laxantes para que a cocaína fosse recuperada.

A polícia acredita que a mulher tenha ingerido as cápsulas em São Paulo, da onde veio o voo em que ela chegou ao país. Ela teria recebido instruções para entregá-las a um nigeriano em um hotel de Delhi.

Segundo oficiais do departamento de narcóticos da polícia indiana, esta foi a maior quantidade de cápsulas de cocaína que eles já extraíram de uma pessoa.

Ao Hindustan Times, os policiais contaram ainda que o conteúdo extraído da jovem seria uma cocaína de "alta qualidade" vinda da Colômbia. Estima-se que a jovem fosse receber cerca de 50 milhões de rúpias, o equivalente a 734 mil dólares pela transação.

A polícia agora procura o homem nigeriano para quem a jovem entregaria a droga.