Mundo

População mundial deve atingir quase 10 bilhões em 2050

Projeção da ONU indica que Terra abrigará mais de 11 bilhões de humanos no fim do século

Agência O Globo

A população mundial, atualmente em cerca de 7,6 bilhões de pessoas, deverá chegar a 8,6 bilhões em 2030, 9,8 bilhões em 2050 e 11,2 bilhões em 2100. As projeções são de relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgado nesta quarta-feira. Segundo a publicação, intitulada “The World Population Prospects: The 2017 Revision”, a Terra ganha aproximadamente 83 milhões de habitantes humanos por ano e a expectativa é de que a tendência de aumento da população mundial continue mesmo com a perspectiva de que as taxas de fertilidade continuarão a cair.

O crescimento da população mundial neste século, no entanto, será desigual entre países e regiões, destaca a ONU. De acordo com o relatório, China (1,4 bilhão de pessoas) e Índia (1,3 bilhão) continuam sendo os dois países mais populosos do mundo, mas em sete anos, ou por volta de 2024, a Índia deverá ultrapassar a China. Além disso, de 2017 a 2050, metade do crescimento da população mundial se concentrará em nove nações: Índia, Nigéria, República Democrática do Congo, Paquistão, Etiópia, Tanzânia, EUA, Uganda e Indonésia.

Mas o grupo de 47 países menos desenvolvidos do planeta, com sua relativamente alta taxa de fertilidade, com 4,3 filhos por mulher entre 2010 e 2015, já apresenta um crescimento populacional rápido, de cerca de 2,4% ao ano. E embora este ritmo deva diminuir nas próximas décadas, a população combinada destas nações, de aproximadamente 1 bilhão este ano, vai aumentar em um terço até 2030 e atingir 1,9 bilhão, quase o dobro, em 2050.

Segundo a ONU, a concentração do crescimento da população global nos países mais pobres representa um desafio adicional para o cumprimento da Agenda de Desenvolvimento Sustentável para 2030, que preconiza a eliminação da pobreza e da fome, expansão dos sistemas de saúde e educação, igualdade de gêneros e redução da desigualdade.