Economia

Prazo de pagamento do PIS/Pasep é prorrogado para 29 de dezembro

O benefício varia de R$ 78 a R$ 937 de acordo com o tempo que o beneficiado trabalhou no ano base

Redação Correio 24h
- Atualizada em

O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aprovou nesta quarta-feira (28) a prorrogação do prazo final de pagamento do abono salarial (PIS) para o dia 29 de dezembro. O calendário, referente ao exercício de 2016, que começou em julho do ano passado, estava previsto para terminar amanhã. Mais de 1,6 milhão de trabalhadores não compareceram às agências da Caixa Econômica Federal para sacar os recursos que somam R$ 1,2 bilhão.

O benefício varia de R$ 78 a R$ 937 de acordo com o tempo que o beneficiado trabalhou no ano base e pode ser sacado em uma das agências da Caixa e do Banco do Brasil. Para o trabalhador saber se tem direito ao abono, o ministério disponibilizou o telefone 158 e o link verificasd.mtb.gov.br/abono/. Basta digitar o número do PIS/Pasep ou do CPF e a data de nascimento.

Podem receber o benefício pessoas que trabalharam com carteira assinada por ao menos um mês em 2015 e tenham ganhado, em média, até dois salários mínimos. Para ter acesso, é necessário que os trabalhadores estejam inscritos no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há, pelo menos, cinco anos.

Tradicionalmente, o abono era pago de julho a outubro para todos os trabalhadores, mas, desde 2015, o governo dividiu o pagamento em duas etapas, como forma de diluir o custo. Segundo o ministério, os trabalhadores que ainda não sacaram correspondem a 6,65% do total que possui o direito.

O abono referente ao calendário de 2017/2018 vai começar a ser pago no segundo semestre deste ano, com base na data de aniversário (no caso do PIS) ou número de inscrição (Pasep).