Arte e Decoração

Precisa ajustar a iluminação da casa? Arquiteto explica melhores opções para cada cômodo

“Fique atento às medidas de temperatura da luz e peça orientação a um profissional para identificar se a lâmpada escolhida atenderá as expectativas", aconselha Márcio Barreto

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Você já avaliou a iluminação da sua casa? Com tantas opções no mercado - lâmpadas  halógena, fluorescente, led, mercúrio e filamento e smart (inteligente) - é comum ter dúvidas sobre qual escolher. Para que você acerte na escolha e atenda bem todos os cômodos da residência, o arquiteto Márcio Barreto separou algumas dicas. 

“No momento de escolher as lâmpadas para o lar, é importante observar para quais ambientes você está destinando a compra e se o tipo de iluminação é adequado para determinado cômodo. Há uma expectativa de conforto para cada ambiente e saber diferenciar as temperaturas de cor pode te ajudar na escolha final da compra, priorizando o conforto visual e valorizando a decoração de cada cômodo”, aconselha Barreto, que foi o vencedor do prêmio “ambiente destaque” da Mostra Morar Mais por Menos (2018).

Foto: divulgação / Márcio Barreto 

Luzes por cômodo

Entre as opções disponíveis no mercado de “casa e decoração”, os tons amarelados, branco neutro e frio são os mais encontrados entre as casas, embora o LED colorido (sobretudo azul e vermelho) venha ganhando espaço em offices gamers. 

Ideal para salas e quartos, a luz de tom amarelado é onde há uma intenção maior de descanso e conforto, proporcionando menos incomodo visual. A dica é do arquiteto Márcio Barreto, que entende o uso da tonalidade amarela, “pode funcionar bem também em varandas, a depender da expectativa de conforto desejado para o espaço”, orienta. 

Com relação ao banheiro, cozinha ou escritórios, a luz branca neutra é a mais indicada por Barreto. Além de estimular a atenção no cômodo, a visualização ampla dos detalhes é necessária para higienizar os cômodos de maneira assertiva. Já a última cartela de cores — luz branca fria — é mais encontrada em espaços comerciais como clínicas, farmácias e indústrias. 

“Na hora da compra, fique atento às medidas de temperatura da luz e peça orientação a um profissional para identificar se a lâmpada escolhida atenderá as expectativas quando colocadas no ambiente, seja da forma comum ou através de uma luminária”, conclui Barreto. ilu