Dia dos Namorados

Preço médio de presente do Dia dos Namorados deve ser de R$ 278, mostra pesquisa

Na hora de escolher o presente, 42% vão se inspirar nos desejos de quem vai receber a surpresa

Agência O Globo
- Atualizada em

Os casais apaixonados estão dispostos a gastar 11% a mais com o presente do Dia dos Namorados do que na mesma data do ano passado, de acordo com levantamento Hábitos de Consumo da Boa Vista SCPC. Ano passado, o valor médio dos gastos era de R$ 250 e, neste ano, R$ 278.

Foto: Divulgação

Na hora de escolher o presente, 42% vão se inspirar nos desejos de quem vai receber a surpresa. Outros 33% vão decidir de acordo com a necessidade do par ou pela utilidade do presente.

Se pudessem escolher, 23% dos consumidores gostariam de ganhar uma viagem romântica como presente do Dia dos Namorados. Passeio (sem ser viagem) e atividades de lazer representam a segunda opção entre os tipos de presentes desejados (com 16% das menções). Já os celulares e smartphones ocupam a terceira posição, empatados com itens de vestuário (roupas e calçados), ambos com 13% das menções.

Na pesquisa, 67% dos consumidores disseram que irão comprar presentes para comemorar a data, um crescimento de 5 pontos percentuais ante 2017. No total, 44% vão gastar mais que o ano passado, 37% pretendem gastar o mesmo valor e 19% esperam gastar menos.

Segundo os dados, 60% dos consumidores irão pagar à vista o presente do Dia dos Namorados. Entre eles, 40% utilizarão dinheiro em espécie, 34% o cartão de débito,22% o cartão de crédito com parcela única e 4% com boleto. Entre os 40% que irão comprar o presente e pagar de forma parcelada, 85% usarão o cartão de crédito, 9% o carnê, 4% o boleto e 2% o cartão de débito programado.