Educação

Prefeitura abre cadastro para novos alunos da Educação Infantil; saiba como fazer

Para realizar o cadastro, é necessário o CPF do responsável, a certidão de nascimento da criança e o endereço de interesse completo, com CEP e numeração.

Redação iBahia

A Prefeitura inicia, nesta quarta-feira (17), o Cadastro Escolar 2021 de crianças com idade entre dois e cinco anos, nascidas entre 1º/04/2015 a 31/03/2019, que estejam fora da escola ou não pertençam à rede municipal de ensino em Salvador.

As famílias que desejam pleitear vaga nas creches e pré-escolas do Município para este ano letivo devem fazer o cadastro até o dia 2 de março, preferencialmente por meio virtual, através do site da Secretaria Municipal da Educação (Smed), no endereço educacao.salvador.ba.gov.br.

O procedimento também pode ser realizado em qualquer unidade de ensino municipal ou nas Prefeituras-Bairro, de segunda a sexta-feira, a partir das 8h. Para realizar o cadastro, é necessário o CPF do responsável, a certidão de nascimento da criança e o endereço de interesse completo, com CEP e numeração.

O cadastramento não é garantia de vaga. A efetivação da matrícula se dará em tempo oportuno para as crianças cadastradas que foram contempladas pela distribuição eletrônica de vagas.

Endereço

A coordenadora de Matrícula Escolar, Agda Cruz, explica que o endereço de interesse refere-se a uma localização residencial ou comercial perto de onde a família quer que a criança estude. Pode ser a casa da família, dos avós, de outros parentes ou do emprego do responsável.

"Por exemplo, se o responsável quer que a criança estude perto da residência familiar, o endereço de interesse a ser informado é o da família. Se o melhor for perto do trabalho da mãe, então o endereço de interesse é o do trabalho. Com esse dado, procuramos a vaga mais próxima para atender ao planejamento da família", detalha Agda.

Prioridade
Poderá pedir prioridade o público-alvo da educação especial (pessoa com deficiência, transtornos globais de desenvolvimento e com altas habilidades / superdotação) e as crianças beneficiárias do Programa Bolsa Família ou que recebem Benefício de Prestação Continuada (BPC). Para isso, é necessário anexar documentos que comprovem a situação da criança no ato do Cadastro Escolar 2021.

Qualquer dúvida sobre a utilização do sistema virtual de cadastramento pode ser esclarecida através do 156 – Disque Salvador ou em um posto de atendimento presencial.