Brasil

Preso é liberado para o Dia dos Pais, provoca acidente e mata duas pessoas

Paulo Brás de Oliveira já havia sido condenado a 8 anos, 5 meses e 5 dias de prisão por formação de quadrilha e roubo qualificado

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Liberado para o chamado 'saídão do Dia dos Pais', um preso roubou um carro, fugiu da polícia e provocou a morte de duas pessoas inocentes, na Asa Sul, em Brasília. De acordo com o G1 Brasília, Paulo Brás de Oliveira já  havia sido condenado a 8 anos, 5 meses e 5 dias de prisão por formação de quadrilha e roubo qualificado, referentes à participação dele na "gangue do relógio", especializada em roubo de relógios. 

Foto: Fabiano Andrade/TV Globo

De acordo com a Polícia Militar, o homem chegou em uma motocicleta e, ainda usando capacete, roubou o relógio de uma mulher que estava na quadra. Policiais militares que estavam no local perceberam a ação e tentaram interromper a fuga, mas Paulo reagiu com tiros.

Logo em seguida, ele abordou a motorista de uma Pajero e a ameaçou com um revólver, fazendo com que ela dirigisse em fuga pela estrada. No meio do caminho, ele assumiu a direção do veículo e, já no fim do Eixão Sul, bateu na Kombi e capotou.

A Kombi atingiu um terceiro veículo, onde estavam cinco pessoas – incluindo uma criança de 7 anos. Duas pessoas morreram e um homem de 73 anos que estava no terceiro carro foi internado em estado grave com ferimento na cabeça.Apesar do acidente, o assaltante sofreu apenas ferimentos leves e foi levado preso, em flagrante.

Foto: Fabiano Andrade/TV Globo

Nesta segunda (13), a  audiência de custódia vai definir se essa prisão é mantida ou não. Ainda segundo o G1, na prática, a decisão fará pouca diferença, porque Paulo Brás de Oliveira estava detido no Centro de Progressão Penitenciária (CPP) e só saiu porque foi beneficiado pelo saidão do Dia dos Pais.