Teatro

Primeira Copa Baiana de Improvisação Teatral reúne artistas no Teatro Vila Velha

Os times são formados por quatro ou cinco atores, que se desafiam em matches, que podem conter 4 ou 5 jogos, com durações diferentes

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A partir desta quarta-feira (20), todas as quartas, às 20h, 11 atores experientes no treinamento técnico do Teatro-Esporte, se reúnem na sala principal do Teatro Vila Velha para participar da Primeira Copa de Improvisação Teatral. 

Foto: Divulgação
No elenco, Aicha Marques, Andréa Nunes, Daniel Farias, Evelin Buchegger, Igor Epifânio, Luiza Senna, Maurício de Oliveira, Talis Castro, disputam a taça; além de Celso Jr, Daniela Chávez e Daniel Becker se revezando na direção e no julgamento dos improvisos. A atriz Edvana Carvalho é uma das convidadas.

Os times são formados por quatro ou cinco atores, que se desafiam em matches, que podem conter 4 ou 5 jogos, com durações diferentes. A plateia decide a temática, título, época, estilos, entre outros contextos da cena. É imprescindível a participação do público.

A maioria dos jogos são pré-definidos. Por exemplo, num jogo chamado abecedário, as falas/palavras que começam a cena seguem a ordem do alfabeto. Os times serão sorteados antes de cada dia de competição, sempre com os mesmos atores e formações variáveis.

Conheça alguns jogos de improvisação
Caleidoscópio – a plateia define um tema simples, universal. Por exemplo: Água. Na sequência os atores desenvolvem histórias/monólogos sobre suas vidas incluindo a palavra, que pode sofrer interferência do juiz e passar a bola pra outra pessoa.

Jogo das Frases – frases são espalhadas pelo chão do palco, com as quais os atores devem trabalhar, incluindo-a verbalmente na cena. O que também pode ser feito através de livros espalhados pelo palco.

Dublagem – dois atores contracenam, porém suas vozes são feitas por atores adversários fora da cena.