Comportamento

Professor assume nova profissão em tempo integral: agradar a mulher

Ele criou um canal na internet, o Livro de Comidas, onde posta as receitas que prepara diariamente para ela e fala sobre sua rotina

Agência O Globo
- Atualizada em

Com doses generosas de talento, Luciano Piccazio Raszl Ornelas, de 33 anos, está fritando o machismo e assando a batata de quem implica com a sua vocação. Professor de História, largou o emprego para assumir uma profissão em tempo integral: agradar a mulher, a advogada Eduarda Lemos Raszl Ornelas, de 37. Ele criou um canal na internet, o Livro de Comidas, onde posta as receitas que prepara diariamente para ela e fala sobre sua rotina de dedicação à relação. Na véspera do Dia dos Namorados, Luciano dá receitas para o amor dar caldo:

— Lugar de homem é cuidando de quem ama. Há uma preguiça masculina, baseada no preconceito.

Com mais de 300 mil seguidores no site desde a sua criação, há um ano, o professor agora já está conseguindo firmar parcerias com marcas para tornar o negócio rentável. Também começou faculdade de Gastronomia, contratou equipe de marketing para divulgação e já participou de programas de TV, como “Encontro com Fátima Bernardes”. Além do site, ele conta com perfis no Instagram e no Facebook.

Luciano Piccazio no dia do seu casamento, há cerca de 1 ano Foto: EdsonBarreto / EdsonBarreto

Uma das preocupações expostas nas postagens é calcular a hora exata em que a esposa chega em casa para que a comida esteja quentinha no prato assim que ela cruza a porta. E, claro, a cozinha arrumada depois da refeição, bem como o restante da casa:

— É fundamental dar a Duda este momento de felicidade depois de um dia estressante! É uma das formas que tenho de dizer que a amo.

Os dois estão juntos há um ano e dois meses e ainda não têm filhos, mas querem ter. Por sua dedicação à culinária, Luciano já é comparado ao apresentador Rodrigo Hilbert:

— Eu me inspiro no trabalho dele. Uma pessoa que serve de vitrine para mostrar que um homem deve cuidar da pessoa que ama, em vez de ficar preso em esteriótipos. O Rodrigo faz muito bem para relacionamentos no Brasil.

Para Luciano, hoje em dia, uma pessoa se dedicar a outra é matéria em extinção:

— O canal não faz sucesso porque eu cozinho para a minha esposa e, sim, porque eu cuido da minha esposa.

Eduarda não se importa em ser a única trabalhando fora:

— Amo o fato de ter alguém me amando tanto todos os dias. De chegar cansada em casa e ter comida feita só para mim, e cada dia uma receita nova. Acho lindo o fato dele estar se dedicando ao Livro de Comidas agora de forma exclusiva, porque vejo que isso faz ele feliz! Minhas amigas amam o que ele faz e dizem ter inveja. Quase todas já pediram que o Luciano desse um curso pros maridos e namorados de como ser um parceiro melhor.