Mundo

Promoção de Nutella vira motivo de brigas na França: 'São animais', diz cliente

Fotos e vídeos compartilhados nas redes sociais mostram enxames de consumidores

Agência O Globo

Uma promoção "imperdível" de potes de Nutella motivou uma grande confusão em diferentes filiais de uma rede de supermercados na França. Fotos e vídeos compartilhados nas redes sociais mostram enxames de consumidores avançando sobre pilhas do produto, que estava sendo vendido com corte de 70%.

Foto: Reprodução/ Twitter

O pote de 950 gramas, que normalmente custa 4,50 euros (cerca de R$ 17,60), estava sendo vendido a 1,41 euro (algo em torno de R$ 5,50). Com isso, os fregueses brigavam entre si para pegar o maior número possível de potes de creme de avelã com cacau.

Internautas não perderam a oportunidade para fazer piadas. "Sério!!?? Tudo isso por Nutella?!", escreveu um usuário do Twitter ao divulgar um vídeo de uma multidão correndo até uma prateleira. Sua publicação ultrapassou 570 mil visualizações. No post, é possível escutá-lo dizer que "isso não é normal" repetidamente.

As vendas foram um sucesso em um supermercado da comuna de Saint-Chamond, disse um funcionário da rede ao jornal francês "Le Progrès".

"Num só dia, vendemos o que costumamos vender em três meses", contou, ressaltando que nunca passou por algo semelhante em seus 16 anos trabalhando na área.

Já quem quis se aventurar nas compras em uma loja na comuna Rive-de-Gier, no departamento de Loire, vivenciou cenas mais violentas.

"São animais. Uma mulher arrancou o cabelo da outra, uma senhora idosa levou com um pote na cabeça, outra ficou sangrando na mão. Foi horrível", contou horrorizado um cliente.

A rede de supermercados Intermarché pediu desculpas aos clientes e se declarou surpresa com a "magnitude dos eventos excepcionais".

"As pessoas correram, empurraram, quebraram coisas. Era como uma orgia", afirmou o funcionário de um supermercado Intermarché em Formach, Nordeste da França. "Quase chamamos a polícia", completou.

A Ferrero, empresa italiana que produz a Nutella, se desvinculou da iniciativa do Intermarché e lamentou que a promoção possa gerar "confusão e decepção" entre os consumidores.

"Eu pretendia comprar no domingo. Mas não quero morrer", afirmou uma internauta.