Negócios

Querida pelos baianos, Le Biscuit investe em e-commerce e terá entregas para RMS em 24h

Empresa, fundada há 52 anos em Feira de Santana (BA), possui um mix de mais de 10 mil produtos e investiu R$ 25 milhões no comércio virtual

Isadora Sodré (isadora.sodre@redebahia.com.br)
- Atualizada em

É muito bom pensar que, em uma só loja, você pode encontrar tudo o que precisa e é desta forma que a Le Biscuit se posiciona entre os seus clientes. A empresa, fundada em Feira de Santana (BA) há 52 anos, já se consolidou como uma das marcas mais fortes entre os baianos e, desta vez, investe R$ 25 milhões no e-commerce (comércio digital). A rede possui mais de 10 mil produtos distribuídos em 14 categorias.

O CEO da Le Biscuit contou que o investimento na área de e-commerce começou há dois anos (Foto: Divulgação)
Apesar de ter sido um momento propício para fortalecer a venda digital e a logística de entregas para todo o país, não só no Nordeste, o projeto já tinha sido pensado e já estava sendo executado há dois anos, muito antes da pandemia do novo coronavírus. Foi o que o David Lee, CEO da Le Biscuit, contou em entrevista ao portal iBahia.

"Criamos um novo site, melhoramos o aplicativo, a venda online e o nosso hub digital. Fizemos também reestruturação física no nosso Centro de Distribuição localizado em Camaçari (BA) que dobrou de tamanho e passou por um processo de automatização e digitalização dos processos. Tudo isso já estava sendo encaminhado, mas com esta crise aceleramos todos processos e contamos todo o esforço do nosso time", relatou Lee.

De acordo com o CEO, a Le Biscuit possui mais de 100 lojas em toda a região Nordeste e também no Pará, mas com este investimento no e-commerce a ideia é chegar em todos os estados da federação.

"Além de ampliar nossa rede de clientes, a outra expectativa é ampliar o sortimento dos produtos para poder atender até as menores cidades do país. Além disso, teremos um prazo de entrega na região metropolitana de Salvador em até 24h, o público da capital baiana terá a entrega com rapidez. Além disso, há uma parceria com o Rappi (aplicativo de entrega) e com a entrega via drive-thru dos shoppings", pontuou.
O centro de distribuição localizado em Camaçari dobrou de tamanho para atender as demandas do comércio digital (foto: Divulgação)
Para além do e-commerce, a empresa já pensou em renovações das lojas da rede. "A loja do Parque Shopping Bahia já tem um visual bem diferente das lojas Le Biscuit. Estamos também trabalhando na renovação da loja da Bonocô,  nossa sede principal, que também será modernizada, interativa, para melhorar a experiência de compra e dar um destaque aos produtos. Mesmo durante a crise, não paramos, estamos buscando sempre nos fortalecer no mercado", afirmou o CEO.

Mas, afinal, o que faz a Le Biscuit ser tão querida? De acordo com David Lee, são três pontos que fazem a marca ser tão lembrada pelos seus clientes. "O primeiro ponto é que ela nasceu e se consolidou no Nordeste e conseguiu se expandir de forma bem feita nos estados. O segundo fator é a comunicação, com anúncios nos meios de comunicação. E o terceiro ponto é a experiência de compra, o cliente se resolve bem dentro da loja, se inspira e descobre novos produtos, explicou Lee.