Festival de Verão

Relembre os melhores momentos do Festival de Verão 2003

O #vcnofestival preparou uma série de retrospectivas que contam a história dessa grande festa

Emília Oliveira (emilia.oliveira@redebahia.com.br)
- Atualizada em
Paula Toller, do Kid Abelha, Hebert Viana, do Paralamas, e Falcão, do Rappa, participaram da quinta edição do FV


Em 2003, a figura do Rasta, mascote oficial do Festival de Verão, indicava com a mão o número cinco, em referência às edições do evento. A festa, que aconteceu entre os dias 29 de janeiro e 2 de fevereiro, aderiu naquele ano ao novo conceito 'Eu, você, todo mundo lá', reafirmando sua pluralidade. E boa parte dos soteropolitanos aderiram ao slogan.  


A grade eclética do festival agradou ao público, que ocupou os quase 100 mil metros do Parque de Exposições da capital baiana. O espaço foi dividido em dois palcos, uma tenda eletrônica, praça de alimentação e uma área para esportes de aventura. Nos quatro dias de evento, passaram pelo local quase 200 mil pessoas.


A festa da música teve momentos emocionantes como a apresentação do grupo Os Paralamas do Sucesso, primeira em Salvador após o acidente que quase vitimou Hebert Vianna, vocalista da banda. O cantor fez a plateia chorar ao homenagear a esposa, falecida no mesmo desastre aéreo, cantando a música 'Se eu não te amasse tanto assim'.


A quinta edição do Festival também foi marcada por 'estreias'. Lulu Santos e a dupla Zezé Di Camargo e Luciano fizeram o primeiro show em uma edição do evento. Já Gilberto Gil fez seu primeiro show após assumir o Ministério da Cultura e muitos jovens divertiram-se ao som do grupo Rouge. Outra estreante na festa, a banda paulista CPM22 fechou o evento.


Confira a grade do palco principal do Festival de Verão 2003: