TV

Relembre os participantes do BBB que já morreram

Buba, da quarta edição do programa, está na lista dos que já se foram

Agência O Globo
- Atualizada em

Ao longo de 18 edições, o "Big brother Brasil" revelou muitos nomes, como os da apresentadora Sabrina Sato, do deputado federal Jean Wyllys e das atrizes Grazi Massafera e Juliana Alves. Mas, entre os mais de 200 nomes que passaram pela casa "mais vigiada do país", alguns infelizmente já morreram. São eles: Buba, André Cowboy e Nonô.



Buba foi um dos participantes da quarta edição do programa, exibida em 2004, que teve como campeã a babá Cida. Após sair do programa, o empresário posou nu para a revista "G magazine".

Foto: Reprodução | TV Globo
Ainda no mesmo ano, ele foi detido em um aeroporto com 18 comprimidos de ecstasy e cinco gramas de maconha. Ficou preso por três meses. Depois de ser solto, fundou uma ONG para reabilitação de usuários de drogas. Buba morreu aos 34 anos, em novembro de 2006, em decorrência de um câncer no abdômen.

Já André Cowboy integrou a nona edição do programa. Ele e Mayra Cardi, que hoje é casada com o ator Arthur Aguiar e atua como consultora fitness de estrelas como Anitta, foram os mais votados na "Casa de vidro" e entraram no reality um mês após a estreia.

Sem papas na língua, ele discutiu com muitos participantes. Depois de sair, virou ator pornô, participando de dois filmes. André morreu assassinado em sua própria chácara, no interior de São Paulo, em junho de 2011. Estava com 37 anos.
Foto: Reprodução | TV Globo
Também integrante da nona edição, Nonô não chegou a conviver com André no programa, pois foi o segundo eliminado, saindo duas semanas após a estreia. Quando foi escolhido para o "BBB", ele tinha 63 anos. Até então, era o participante mais velho a entrar na casa.

Formado em Ciências Contábeis, Nonô trabalhou como auditor fiscal tributário em São Carlos, interior de São Paulo. Após se aposentar, passou a atuar no teatro amador e teve uma rápida passagem pelo rádio. Morreu vítima de câncer aos 72 anos, em julho do ano passado.
Foto: Reprodução | TV Globo