Educação

Reta final: Confira dicas para fazer uma boa prova no Enem 2018

O ideal é que os estudantes tenha atenção dobrada na rotina de estudos e treine o raciocínio e a concentração

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

xAnsios@ para o Enem 2018? Você ainda pode aproveitar essas duas semanas para se preparar. Na reta final, o ideal é que os estudantes tenha atenção dobrada na rotina de estudos e treine o raciocínio e a concentração para a maratona de 180 questões e redação. O Enem será realizado nos dias 4 e 11 de novembro.

Foto: Reprodução / Pixabay

Para te ajudar a otimizar os estudos, o curso Supera listou 6 dicas ideais para as últimas revisões de conteúdo.


1) Faça um plano de estudo organizado

Organize um cronograma diário de estudos, de acordo com a assimilação do conteúdo. Faça um plano de estudos que compreenda até três disciplinas diferentes por dia, o ideal é mesclar conteúdos de diferentes áreas (humanas ou exatas).

Lembre-se de iniciar os estudos com as matérias e disciplinas que possui mais dificuldade, pois elas demandam mais tempo e atenção.

2) Atualize-se e escreva


Assista e leia aos jornais para se atualizar e ficar fácil de articular um bom texto. O ideal é ter a prática de fazer uma redação por semana, com temas que foram destaques na mídia. Vale lembrar que quanto mais bagagem cultural, melhor será sua escrita.

3) Adapte o seu método de estudo


Cada pessoa se dá melhor e se torna mais produtivo com um método de estudo. Seja fazendo resumos, leituras em voz alta, lembretes e post-its, associações mentais, músicas com fórmulas ou grupo de estudos. Escolha o método que mais se adapta e aplique em sua rotina de maneira efetiva.

4) Vá no seu ritmo


O ideal é evitar tudo aquilo que possa prejudicar o resultado: não tentar aprender em cima da hora o que não foi aprendido, praticar alguma atividade física leve, manter uma alimentação saudável e, principalmente, ter boas noites de sono.

5) Faça ginástica para o cérebro

A prática da ginástica cerebral aliada aos estudos poderá potencializar sua performance e trará grandes benefícios no raciocínio e na concentração. A estimulação cognitiva é capaz de potencializar as habilidades cerebrais por meio de desafios variados, constantes e gradativos. O resultado dos exercícios para o cérebro é refletido em mais autoestima e autoconfiança, que influencia positivamente o processo de aprendizado.

6) Divirta-se e relaxe


Evite ficar sobrecarregado. Tenha horas de lazer, pratique esporte, interaja com família e amigos e pratique algum hobbie. Os momentos de relaxamento são fundamentais para o bem-estar do cérebro.