Salvador

Reveillon de Salvador terá camarote na Praça Cairu

Evento será realizado entre os dias 28 de dezembro e 4 de janeiro

Thais Borges (thais.borges@redebahia.com.br)
- Atualizada em
Quem quiser um pouco mais de conforto durante o Réveillon de Salvador poderá assistir aos shows da Praça Cairu em um camarote. Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento, Turismo e Cultura, Guilherme Bellintani, o espaço privado deve ficar ao lado do Monumento Mário Cravo.

Lá, segundo Bellintani, é possível construir uma estrutura para cerca de duas mil pessoas. “A entrada será vendida pelo patrocinador, que vai definir o preço. Mas isso vai ser divulgado quando fecharmos o patrocínio, daqui a cerca de 15 dias”, disse o secretário, referindo-se à parceria com a iniciativa privada.

Dos R$ 6,5 milhões que devem ser gastos com a festa, cerca de 70% devem ser pagos por patrocinadores. “Ainda estamos fechando, mas estamos num estágio avançado da negociação do contrato”, explicou, sem informar quais seriam os patrocinadores. “Vai ter uma cota para cervejarias como foi no Carnaval, mas vão ter outras cotas também”.

Pocket shows

Nos dias de festa na Praça Cairu, haverá também um segundo palco, menor, onde serão realizados pocket shows: rápidas apresentações, de cerca de 30 minutos, cada, nos intervalos dos shows do palco principal.Anunciado na manhã desta quinta-feira (16), o Réveillon de Salvador tem mais que o dobro de dias da festa realizada em 2013. Com mais de 30 atrações programadas, a festa tem o objetivo de se firmar como roteiro turístico tradicional no Brasil e, também internacionalmente, como afirmou o prefeito da cidade, ACM Neto. "Nossa expectativa é com a somatória de dias e atrações, superar a festa que é realizada em Copacabana", disse.  Quanto ao Réveillon, o gestor disse ainda eu pretende consagrar o evento no calendário de todo o país.  Ainda durante a entrevista, o prefeito disse que além de oferecer dias de festa para os moradores  e turistas de Salvador, pretende dinamizar a economia da capital baiana. " Agora temos uma cadeia econômica acionada. Toda ela estará envolvida para que seja um fim de ano com movimentação de renda e  geração de emprego. No evento, o prefeito lançou também o "Campanha Salvador", que pretende divulgar o potencial turístico da cidade. As ações da iniciativa econômica devem começar em novembro, com estratégias nacional e internacional de divulgação projetadas para o ano inteiro.  Matéria Original Correio 24h: Praça Cayru terá camarote para até duas mil pessoas