Eleições 2018

Sabatina do iBahia/CORREIO favorece propostas dos candidatos

Cada candidato ao governo do estado terá uma hora, ao vivo e sem cortes, para comentar e discutir suas propostas

Yasmin Garrido, do Correio24h
- Atualizada em

As equipes do CORREIO e do iBahia iniciam nesta terça-feira (4) as sabatinas aos seis candidatos ao governo do estado, repetindo o procedimento adotado nas eleições para a gestão municipal, há dois anos. Cada concorrente ao executivo estadual vai ter uma hora, ao vivo e sem cortes, para comentar e discutir as propostas de governo, com mediação do editor de Política e Economia do CORREIO, Donaldson Gomes, e da jornalista e influenciadora digital Maíra Azevedo, criadora da personagem Tia Má.

Foto: Divulgação
A transmissão acontece pelos canais digitais do CORREIO e do iBahia (sites, páginas no Facebook e no Youtube) e os seis candidatos vão responder às perguntas feitas pelos dois veículos, além de questionamentos de entidades representativas da sociedade e de especialistas. Outro diferencial da sabatina é a participação de eleitores, com perguntas gravadas e que só vão conhecidas pelos políticos na hora da transmissão.

Os candidatos ao governo Celia Sacramento (Rede), João Henrique (PRTB), João Santana (MDB), José Ronaldo (DEM), Marcos Mendes (Psol) e Rui Costa (PT) já confirmaram presença desde o dia 9 de agosto e, de acordo com diretor de jornalismo e mídias digitais do CORREIO, Roberto Gazzi, “é esperado que todos compareçam”.

O jornalista Donaldson Gomes, que vai mediar as sabatinas, explicou que, em caso de ausência, os apresentadores vão passar 15 minutos com a cadeira do candidato vazia, fazendo a leitura das perguntas que seriam feitas ao político.

Gazzi ainda destacou que “a sabatina foi pensada de um jeito que, quem estiver participando, vai poder ter uma ideia bem especificada de qual o pensamento dos candidatos, de como eles abordam os problemas da Bahia e o que eles pretendem fazer para solucionar”.  Ainda segundo ele, cada candidato vai poder fazer uma pergunta para os outros.

A ordem foi determinada em sorteio realizado na última quinta-feira: o candidato Marcos Mendes pergunta para Rui Costa;  Rui Costa pergunta para Zé Ronaldo;  João Santana e João Henrique fazem perguntas um para o outro; Célia Sacramento pergunta para Marcos Mendes; e Zé Ronaldo pergunta para a candidata Célia Sacramento. Donaldson Gomes afirmou que os candidatos se comprometeram a enviar as perguntas até segunda-feira (3).

Inovação
Uma das propostas da sabatina é a transmissão e a consequente repercussão das redes sociais, em tempo real. Gazzi explica que “o formato com transmissão digital permite que o maior número de pessoas possível tenha acesso à sabatina, podendo, inclusive, interagir a partir das redes sociais”.

Para ele, “a escolha do horário entre 11h e 14h, quando mais pessoas estão online, vai permitir maior democratização da discussão”.

A média de audiência mensal do CORREIO, atualmente, é de 30 milhões pageviews e 5 milhões de usuários únicos, enquanto o iBahia acumula 22.698.904 de pageviews e 3,1 milhões de usuários.

“Além da interação entre internautas e candidatos, a sabatina conta, também, especialistas e membros de entidades representativas da sociedade comentando as respostas e fazendo novas perguntas”, concluiu Gazzi.

Regras
As sabatinas têm duração de 60 minutos, tempo que vai ser dividido em quatro blocos de 15 minutos. O primeiro vai ser destinado à apresentação das propostas pelos candidatos, que devem responder a uma pergunta comum a todos e outra feita pelo adversário, definida em sorteio.

Nos demais blocos, além dos questionamentos feitos pelos mediadores, os candidatos devem responder às perguntas dos especialistas, de representantes da sociedade, além de outras que vão ser exibidas ao longo da transmissão.

Outro aspecto importante da sabatina é que todas as perguntas devem estar relacionadas às propostas de governo de cada candidato, o que permite evitar assuntos que não dizem respeito às campanhas.

Além disso, para manter a isenção, todas as questões só serão conhecidas pelos candidatos durante as sabatinas e, para garantir a seriedade do procedimento, as perguntas enviadas por especialistas e entidades serão registradas previamente em cartório, impedindo que outras questões sejam abordadas ao longo da transmissão.

Datas e horários:


Terça-feira (dia 4)
11h -  Zé Ronaldo (DEM)
13h -  Rui Costa (PT)

Quarta-feira (dia 5)
11h -  Marcos Mendes (PSOL)
13h -  João Santana (PMDB)

Quinta-feira (dia 6)
11h -  Célia Sacramento (Rede)
 13h -  João Henrique (PRTB)

*Com orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro