Fertilidade

Saiba dicas para reduzir a carga de estresse e ajudar a fertilidade

Desfrutar do ócio e deixar a mente fluir como o ar é algo necessário para o bem-estar

Especial de Conteúdo
- Atualizada em


Você leu o livro ou viu o filme “Comer, rezar e amar”? Se viu, sabe o que é o “dolce far niente”, que em português significa “o doce fazer nada” uma das coisas que Liz Gelbert, que no filme é interpretada pela atriz Julia Roberts, aprende na Itália. Estamos imersos em uma pressa e necessidade constante de estar fazendo sempre alguma coisa, nossa mente fica pressionada para não parar nunca!
Foto: Reprodução/ EBC

Desfrutar do ócio e deixar a mente fluir como o ar é algo necessário para o bem-estar e ajuda a aumentar a produtividade para retomar a rotina com força total para realizar as tarefas da vida privada e trabalho!

Portanto, o terceiro desafio de quem está sonhando em ser mãe é aproveitar a sombra e água fresca. Dar um passeio relaxante na praia, ler um bom livro, deixar o tempo passar ouvindo suas músicas favoritas, e se puder, por que não fazer uma viagem tranquila com direito a SPA?

A importância das histórias com final feliz

Deixar-se levar por uma história bonita e divertida ajuda a relaxar, treinar a concentração, empatia, além de alimentar a criatividade e exercitar o cérebro através da distração. Quando nos concentramos em uma leitura ou filme, deixamos de prestar atenção em outros estímulos supérfluos que nos rodeiam, permitindo que a mente fique mais tranquila.

O estado emocional é um fator chave para evitar o estresse da vida moderna e do tratamento de fertilidade. O estresse pode comprovadamente reduzir as chances de gravidez natural e também eficácia da fertilização in vitro.

Vai ser um prazer para você vencer o desafio de desconectar. Você gosta de ler? Então compre um bom livro com uma história feliz. Se a sua praia é mais cinema, procure um filme divertido para ver. O objetivo aqui é liberar a mente para a criatividade e desconectar geral, por isso, nada de histórias que podem te deixar triste! Vale inclusive um hobby diferente, por exemplo, pintura ou artesanato.

Acompanhe os desafios do programa #querosermãe e inscreva-se para ser informada dos próximos desafios.