Comportamento

Saiba quais são os maiores desafios ao se tornar uma pessoa vegana

Sair para encontros com pessoas nãos-vegano(a)s é o principal deles, segundo Pesquisa Veganoides

Redação Dino

Muitas pessoas adiam efetuar transformações em suas vidas, apenas por comodismo, preguiça, ou falta de organização. Quando há experiências fortes de motivação acontece o "plim" do processo da mudança de vida, seja em qual área da vida for.

Ainda mais com o veganismo, já que não é uma dieta e sim uma postura, filosofia e princípio de não-violência que permite trazer outra perspectiva de relacionar-se com o mundo.

No momento da transformação todos passam por diversos obstáculos em que a grande maioria enfrenta e supera com determinação e hoje se sentem mais felizes com suas escolhas. No entanto, pode não parecer muito fácil em determinada situação, principalmente para quem iniciou o processo de veganismo há pouco tempo.

Foto: Reprodução

Quais são os principais DESAFIOS ao se tornar uma pessoa vegana?

Sair para encontros com pessoas nãos-vegano(a)s é o principal desafio ao ser superado, segundo Pesquisa Veganoides.

Deixar de lado vários hábitos de se alimentar com carnes seja a vermelha, ou branca, frutos do mar, leite e derivados, principalmente doces e queijos, cuja base quase sempre é o leite de vaca, ou os ovos de galinha - tudo isso pode ser um obstáculo para uma mente que ainda não se decidiu ao certo se vira ou não vegana. Ainda mais nas pessoas que circulam ao redor de cada vida, seja no trabalho, família, ou amigos.

Lembrando que uma postura de não consumir couro, tecidos como seda, ou lã, remédios, ou marcas de produtos que façam testes em animais, a pessoa vegana muitas vezes é julgada como "radical" por negar todo e qualquer uso e abuso de animais e seus derivados.

Com intuito de entender os desafios superados, visto que é possível avançar em muitos, Veganoides entrevistou leitores e seguidores incentivando a reflexão sobre quais são:

Os principais desafios ao se tornar uma pessoa vegana
O maior desafio é sair para encontros (almoço, jantar, ou festas) com pessoas não-veganas, com 52,9% das pessoas que participaram da pesquisa, realizada por Veganoides. Outro desafio para muitos é substituir o leite e seus derivados (queijo, yogurte, cremes, leite condensado, etc.), com 47, 1% das pessoas que responderam. Na sequência dos obstáculos a ser superado é encontrar alimentos veganos mais baratos, com 36, 9% que informaram na pesquisa.

​Encontrar nos supermercados produtos industrializados que são substitutos é um desafio para 34, 3% dos participantes. Houve um empate de desafios ao se transformar em uma pessoa vegana 29,4% acreditam que é custoso dar comida (ração com carne) aos animais pets e outros 29,4% acreditam que seja um desafio encontrar produtos de higiene veganos.

​Relacionamento de uma pessoa vegana com não-vegano(a) - amizade, namoro, ou casamento é desafiante para 25,5% dos que responderam o estudo.

​Dos 18,6% participantes que responderam acreditam substituir ovos é árduo. E por falar nesse ingrediente, 17,6% acha que é desafiante fazer receitas com substituições de produtos com derivados animais (seja ovos, leite, carnes). Há que sinta o desafio de tomar vitamina B12, com 9,8% dos que responderam. E 7,8% sentem que é um obstáculo a escassez de algum nutriente (vitamina, mineral) no início da transição. Quando o assunto é vestuário 3,9% acham que encontrar couro sintético não é fácil, 2,9% sentem como obstáculo substituir a carne, enquanto 2% acreditam que substituir processados (salame, presunto, salsicha, linguiça) é um obstáculo.

A maioria que respondeu o estudo era vegano(a) há um ano, com 26%, depois 18% veganos(as) há pelo menos dois anos, 15% são veganos(as) de quatro a cinco anos, 7% veganos(as) há três anos. 5% são veganos(s) de seis a 10 anos.

Participaram da pesquisa online, efetuada por 30 dias, com 104 pessoas declaradas veganas, entre outubro e novembro de 2019. Foi publicado no site www.veganoides.com, Instagram e Facebook e da página @veganoides.



Depoimentos de alguns participantes da Pesquisa:
  • "Há quase um ano me tornei vegana por influência da minha irmã que foi curada de dois nódulos apenas com a mudança na alimentação. Ela é quem tem me auxiliado pra que eu supere os desafios (substituições) seja numa nova receita, me indicando páginas e por aí vai". Fernanda Franco
  • "Sou vegana há dois anos. O mais difícil foi deixar o queijo, principalmente o minas, mas depois que aprendi a fazer queijo vegetal ficou mais fácil pra mim. Quanto a ração dos cachorros, comecei a comprar a de milho e fazer um patê de legumes para misturar. Assim ficou tudo mais fácil". Waleska B.
  • "Há seis meses durante amamentando meu filho me acendeu a luz. Me dei conta de quanto uma vaquinha sofre na indústria com tamanha exploração e sem poder amamentar seu filhote tendo ele levado para suprir desejo alimentício dos humanos. Despertei pra tudo e estamos fazendo uma revolução aqui em casa . Somos um time grande eu meu marido e quatro filhos. E nessa jornada ainda contamos com meu pai tentando sabotar nossa escolha oferecendo sempre produtos oriundos de exploração animal para as crianças . Mas seguiremos fortes o exemplo e diálogos são o melhor ensinamento". Wine
  • "​Superei o desafio quando vi os animais como seres semelhantes a nós, com sentimentos, vontades e de viver. Aí vi que só existia um caminho: fazer a coisa certa, respeitá-los". Rosane Lopes