Arte e Decoração

São João em casa: especialista dá dicas fáceis de decoração junina

Porém, mesmo em casa com família, na festa junina não pode faltar alegria, comidas típicas e decoração junina

Luana Neiva* (luana.neiva@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Devido a pandemia do novo coronavírus, o São João deste ano será diferente do que estamos acostumados a comemorar. Porém, mesmo em casa com família, na festa junina não pode faltar alegria, comidas típicas e decoração junina. Pensando nisso, o portal iBahia entrevistou a arquiteta Thais Fonseca, que separou algumas dicas para a decoração deste ano. Confira: 

Foto: Divulgação/ Thaís Fonseca

Para a especialista, como estamos em casa, vamos aproveitar os itens que temos para fazer essa decoração. De acordo com ela, você pode utilizar cestos e chapéus de palha, que podem ficar na mesa exercendo a função de bandeja ou podem vir fixados na parede como peça decorativa. Garrafas podem ser reutilizadas e transformadas em vaso para planta, ou decoradas com grãos dentro é outra opção. Além de velas e fitas coloridas.

Como tendência deste ano, ela destacou a criatividade. "Além dos itens que possui em casa, podemos pedir alguns pela internet e podemos confeccionar também. Imprimir imagens dos Santos homenageados nesta época e decorar copos ou fazer plaquinhas decorativas para a mesa. Usar esteira para fazer um painel ao fundo ou forrar a mesa também fica legal. O tecido de chita é uma opção que nunca sai de moda e com ele podemos decorar a mesa, as paredes e fazer decorativos".

Segundo Thaís, para a mesa, os alimentos são os personagens principais. Bolos diversos, a paçoca, pipoca, milho são opções para decorar. "Podemos utilizar copinhos com canjica, mingau ou mungunzá. Cestinhas com amendoins e pé de moleque também são uma opção", detalhou.

A arquiteta disse ainda as crianças podem ajudar na decoração, fazendo flores de papel crepom, pintando e enfeitando os chapéu de palha, fazendo fitas, balões e bandeirolas, além de tags para as delícias de mesa ou bonecos para decorar.

Sob supervisão da repórter Isadora Sodré