Educação

Segundo dia do Enem: professores citam conteúdos que podem cair na prova

Veja documentos necessários e esquema especial de transporte para último dia de prova

Milena Teixeira e Raquel Saraiva, do jornal Correio (redacao@correio24horas.com.br)
- Atualizada em

Se você está ansioso, tentando descobrir o que pode cair no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), acalme-se. Às vésperas da prova, o professor de Biologia Anderson Moreira adianta o segredo: é preciso analisar o contexto das questões. “Sistema endócrino pode cair? Sim, mas no contexto de alimentação. O Enem é uma prova crítica, que fala sobre comportamentos. Por isso, é importante olhar a prova como um cidadão”, sugere Moreira.

Ele foi um dos cinco educadores convidados  pelo CORREIO para comentar temas que podem ser cobrados nas questões de Matemática e Ciências da Natureza, que serão cobradas neste domingo (12), no segundo dia de provas.

Os professores Ricardinho e Anderson Moreira, de Biologia, apostam  nos assuntos ligados a temas ambientais. Entre os conteúdos estão o desequilíbrio ambiental, a ecologia de ecossistemas, a introdução da espécie exótica, biologia celular, genética e evolução. O professor Ricardo afirma que é necessário estar atento às questões. “É uma prova atraente e a parte da evolução pode vir dentro de outro trecho climático. O candidato precisa estar atento para não ser atraído pelas imagens”, chama a atenção.

Em Matemática, não dá pra esquecer de porcentagem, geometria analítica e espacial e das funções de primeiro e segundo graus. A recomendação é do professor do Antônio Vieira Toni Santana. Ele ainda arrisca as questões de trigonometria e progressão aritmética e também destaca a importância da habilidade na hora de resolver as questões.

“Hoje, o Enem trabalha com habilidades, transitando por alguns assuntos. Muitas vezes, o candidato não vai precisar usar a fórmula. Ele vai pegar o texto da questão, o gráfico e fazer a análise”, explicou o professor Toni.

Os candidatos também não podem esquecer dos assuntos de Química. Nessa área, os professores Marivan José e Victor Benevides ressaltam os conteúdos relacionados a química orgânica, inorgânica e ambiental. Marivan José ainda sugere alguns temas presentes no Enem do ano passado. “Termoquímica é uma coisa que sempre cai”, alerta o educador. Outros conteúdos que ele também cita são composto orgânico e isometria.

Na temida prova de Física, não pode faltar os assuntos de energia. “Energia é o caminho, é o canal”, brinca o professor Mário Roullet. Outro conteúdo que ele recomenda para os candidatos são as ondas. Segundo o educador, toda prova do Enem tem pelo menos três questões com o tema. “A prova é um link. Química, Física e Biologia se completam”, afirma ele. Gravitação, hidrodinâmica também são outros conteúdos citados por Roullet.

No dia da prova
Os candidatos também devem estar atentos à alimentação adequada no dia do exame. “Vestibular não é piquenique”, comenta o professor de Física. Segundo ele, também é preciso acordar cedo para que o estudante consiga chegar bem na prova.

O candidato também deve prestar atenção aos materiais que precisa levar. O Inep recomenda que o estudante leve documento de identificação original com foto (não vale carteirinha de estudante nem certidão de nascimento) e caneta esferográfica de tinta preta, de material transparente - leve mais de uma!

Ônibus terão reforço e orientação é chegar com antecedência
Neste domingo (12), na capital, 93 linhas de ônibus terão reforço, com 560 veículos, segundo a Semob. Como no primeiro dia de prova, a operação especial vai acontecer das 7h às 15h e atende aos principais corredores da orla, miolo e Subúrbio. O metrô funcionará normalmente. Os portões dos locais de prova abrem às 11h e fecham às 12h (13h no horário de Brasília).

A Transalvador informou que equipes de fiscalização estarão presentes nos principais corredores de tráfego e disciplinarão o trânsito nas escolas de maior movimento, especialmente para impedir o estacionamento irregular de veículos e bloqueios que possam acarretar prejuízos aos estudantes. O órgão orienta ainda que os candidatos se dirijam aos locais de prova com antecedência, a fim de evitar atrasos devido ao grande fluxo de veículos próximos às escolas.

Não foram autorizados eventos nos horários do Enem a fim de evitar transtornos.