Mundo

Segundo pesquisa financiada pela ONU, a Suécia é o melhor lugar do mundo para envelhecer

O estudo levou em consideração temas como saúde, emprego, educação e transporte público

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
A HelpAge International, orgão que estuda a terceira idade, concluiu através de pesquisa financiada pela União Europeia e Organização das Nações Unidas (ONU), que a Suécia é o país ideal para alguém envelhecer. O estudo levou em consideração treze aspectos agrupados em quatro temas principais: saúde; emprego e educação; segurança financeira, que avalia, a abrangência do sistema previdenciário e a incidência de pobreza; e por fim, o que os pesquisadores chamaram de “ambiente propício”, que analisa os contatos sociais e o acesso aos meios de transporte público.Após ter levantado e comparados esses dados, a HelpAge concluiu ser a Suécia o lugar ideal para pessoas idosas. Isso se deve ao fato de lá os recursos públicos serem usados com rigor para iniciativas sociais. O país foi pioneiro, por exemplo, na criação de um sistema universal de aposentadoria, em 1913, e a rainha Silvia fundou, há dezoito anos, uma instituição voltada exclusivamente para idosos com demência, que hoje é referência internacional. No plano privado, um destaque recente é o primeiro asilo do mundo para gays e lésbicas, inaugurado em novembro de 2013. Na pesquisa da HelpAge, o Brasil aparece na 31ª posição.Leia também
Segundo estudo, beber cerveja todo dia faz bem
Estudo em Universidade da Bélgica explica por que roupas de ginástica cheiram mal
Tags: Mundo, ONU, Idosos, Suécia