Especiais

Sem brasileiros, Fifa divulga lista de árbitros para Copa das Confederações

Serão dois trios da Ásia, um da África, um da América Central, dois da América do Sul e quatro da Europa

Editoria Esportes (esportes@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A Copa das Confederações 2013, que será realizada entre os dias 15 e 30 de junho no Brasil, não terá arbitragem brasileira. A Fifa divulgou nesta segunda-feira (13) quais árbitros e assistentes irão trabalhar na competição. Ao todo, são dez trios montados para trabalhar em 16 jogos. São dois da Ásia, um da África, um da América Central, dois da América do Sul e quatro da Europa.


"Nós nos preparamos como um time de futebol, como os jogadores. Damos especial atenção aos seguintes critérios: uniformidade e regularidade, desportividade, proteção dos atletas e abordagem tática. É hora de implementarmos tudo isso para este importante torneio, que terá a participação de alguns dos melhores jogadores e equipes de classe internacional. Trabalharemos principalmente aspectos técnicos e táticos. Essa preparação é fundamental e necessária para antever e prevenir eventuais problemas. O posicionamento no lugar certo na hora certa é um dos nossos principais objetivos", disse Massimo Busacca, ex-árbitro que atualmente comanda o Departamento de Arbitragem da Fifa.


Veja quem são os homens do apito

AFC (Ásia):

- Ravshan Irmatov (Uzbequistão), auxiliado por Abdukhamidullo Rasulov (Uzbequistão) e Bakhadyr Kochakarov (Quirgistão)


- Yuichi Nishimura (Japão), auxiliado por Toru Sagara (Japão) e Toshiyuki Nagi (Japão)


CAF (África):

- Djamel Haimoudi (Algéria), auxiliado por Redouane Achik (Marrocos) e Abdelhak Etchiali (Algéria)


Concacaf (Américas do Norte e Central):

- Joel Antonio Aguilar Chicas (El Salvador), auxiliado por William Torres Mejia (El Salvador) e Juan Francisco Zumba Galan (El Salvador)


Conmebol (América do Sul):

- Diego Hernan Abal (Argentina), auxiliado por Hernan Maidana (Argentina) e Juan Pablo Belatti (Argentina)


- Enrique Osses (Chile), auxiliado por Francisco Mondria Carvajal (Chile) e Carlos Astroza Cardenas (Chile)


Uefa (Europa):

- Felix Brych (Alemanha), auxiliado por Mark Borsch (Alemanha) e Stefan Lupp (Alemanha)


- Pedro Proença (Portugal), auxiliado por Bertino Cunha Miranda (Portugal) e Jose Tiago Garcia Bolinhas Trigo (Portugal)


- Bjorn Kuipers (Holanda), auxiliado por Sander van Roekel (Holanda) e Erwin Zeinstra (Holanda)


- Howard Webb (Inglaterra), auxiliado por Michael Mullarkey (Inglaterra) e Darren Cann (Inglaterra)


Leia mais

Minuto Legal: Fifa permite transferência de ingressos; saiba como