Dia dos Namorados

Sem dinheiro para o Dia dos Namorados? Saiba como sair dessa

Movidos pela paixão, muitos casais acabam exagerando no presente e ficam endividados

Redação iBahia
- Atualizada em

Com a crise e o aumento do desemprego, comprar presente para o Dia dos Namorados tem sido algo complicado para a população. Antes de cair na tentação de presentear o parceiro com um presente incrível, os educadores financeiros Ricardo Pereira e Reinaldo Domingos alertam. “É preciso se perguntar: ‘posso dar esse presente sem me endividar?’”.

Algumas dicas podem ajudar nessa situação. A primeira delas é comprar à vista. Evite comprar um presente para pagar em muitas vezes. Ao invés de dar presentes caros, por que não presentear os namorados com coisas singelas e românticas, como flores? E se não puder dar um buquê, apenas um botão de rosa com um cartão falando seus sentimentos vai deixar o parceiro emocionado.

Mas se você ainda quiser, mesmo assim, dar um presente, lembre-se de aproveitar as promoções. E se optar fazer alguma programação no dia, pesquise preços de restaurantes, hotéis ou motéis que tenham promoção.

Comer em casa é mais barato do que comer fora. Por isso, opte por um jantar romântico em casa, com tudo que vocês dois gostam, além de uma decoração especial. No entanto, se não puder dar presentes, não se sinta mal. Ofereça sua presença, não só no Dia dos Namorados, mas durante todo o namoro. Isso não tem preço.