Comportamento

Seu dinheiro: 8 atitudes que deixam você sem grana (sem perceber)

Os chamados "gastos invisíveis" podem sugar o salário e poupanças, se não houver planejamento

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Começo de ano é época de promessas e início de novos rituais para muita gente, inclusive, quando o assunto é finanças pessoais. É comum prometer gastar menos, viajar mais e fazer uma "limpeza" das despesas. Mas você já parou para pensar nos chamados "gastos invisíveis"? Em entrevista ao UOL o professor de educação financeira da Universidade Presbiteriana Mackenzie Agostinho Pascalicchio, com a coordenadora do ensino a distância de MBA em Economia Comportamental da ESPM, Flávia Ávila, com a professora dos MBAs da FGV Myrian Lund e com a professora da B3 Educação Vera Rita de Mello Ferreira falaram sobre atitudes que "sugam" o salário e o dinheiro poupado.


Foto: Reprodução
1) Ida "inocente" ao shopping

 Sabe aquele passeio inocente ao shopping? Ele pode fazer você gastar dinheiro à toa e ainda confundir com uma 'oportunidade'. O famoso 'está de bobeira', olhar vitrines, tocar e experimentar produtos pode render uma compras desnecessária. 

2) Comprar cansad@

Escolher fazer compras com alto nível de cansaço vai, de cara, interferir na sua capacidade de raciocínio. Com o cérebro "comprometido", é mais difícil tomar decisões racionais e fazer boas escolhas. 

3) "Tudo por 1,99"
Não hesite. O efeito psicológico do '1,99' funciona e, sim, ele faz você achar que achar que tá gastando menos e desse ponto para decidir comprar mais, já que "está gastando menos" é um salto.

4) "Leve o combo maior!"
Soa muito mais tentador e econômico o famoso "combo". Você ia levar o pequeno, compara a diferença de preço do médio, avalia que é a diferença é pouca e acaba levando mais sem nem mesmo querer ou precisar consumir aquele tanto mais de comida. Cuidado!

5) "Já que tô aqui, vou aproveitar o frete"
 Nas compras online, o pensamento parece óbvio e sensato: "já estou aqui, é o mesmo valor do frete, vou levar mais". Desse jeito, você gasta dinheiro sem nem perceber. Fique espert@!

Foto: Reprodução

6) Promoções
 Elas quase sempre vêm bem convidativas. Com letras e cores atraentes, divertidas e, seduzido, quando você se percebe já está ali diante do segundo ou do terceiro produto para ter mais desconto. Se o cálculo não for bem feito, você vai gastar mais e, pior, pelo que nem precisa

 7) Cartão de crédito
Ao não ver o dinheiro saindo do bolso, há uma falsa sensação de gastar menos. Além da fatura chegar (sempre), o ideal é sempre acompanhar o saldo do cartão de crédito para ter um controle maior dos seus gastos.

 8) Cafezinho, doces e sobremesas
Esses são os custos que parecem inofensivos, quase imperceptíveis do dia a dia. Quando se torna uma rotina, depois de um tempo, você vai ver o dinheiro saindo do seu bolso e afetando sue salário e sua poupança.