Mundo

'Síndrome de Pica' faz grávida ter desejo de comer pedras e põe em risco saúde do bebê

A condição bastante rara entre os seres humanos faz com que o indivíduo atingido tenha um apetite descontrolado por coisas ou substâncias não comestíveis

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em


"Eu me sinto muito chateada, idiota e envergonhada, mas tenho que comer pedras". Com essa afirmação, uma dona de casa de pré-nome Silvia chocou muitas pessoas. Ela, que tem 21 anos e está grávida de 8 meses, põe a sua saúde e a do bebê em risco ao sucumbir ao estranho desejo. A história foi contada em edição recente do programa 'My Extraordinary Pregnancy', da TLC.


Veja também:

Síndromes de 'Pica' e 'Koro': conheça os 8 transtornos mais estranhos do mundo

O desejo incomum de Silvia, que tem assustado vizinhos e familiares da jovem, na verdade, é sintoma de um transtorno chamado alotriofagia, mais conhecido como 'Síndrome de Pica'. A condição bastante rara entre os seres humanos faz com que o indivíduo atingido tenha um apetite descontrolado por coisas ou substâncias não comestíveis, como tecidos, sabão, moedas, carvão, pedra e tudo mais. O inusitado nome 'pica' vem do latim e significa 'pega', um pássaro do hemisfério norte conhecido por comer quase de tudo que encontrar por sua frente.


Moradora de Nova York, EUA, a americana procura pedras para comer no quintal de sua casa. "Quando vejo certos tipos de pedra eu fico com água na boca", comentou Silvia. Assista ao vídeo na íntegra!