TV

Sonia Abrão é condenada a pagar indenização após afirmar que garota era espírito

Processo foi movido com a justificativa de que a garota sofreu sequelas graves e teve que ser encaminhada para tratamento psicológico

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A apresentadora Sonia Abrão e a emissora RedeTV! foram condenadas a pagar indenização à família de uma garota que foi considerada um "fantasma", durante programa exibido em 2013. Durante um dos quadros do "A Tarde é Sua", a sensitiva Márcia Fernandes foi convidada para analisar algumas fotos, dentre elas uma em que Luana da Conceição Sousa, na época com 13 anos, aparecia borrada. A médium, então, afirmou que se tratava de um espírito.

Foto: Divulgação
O processo foi movido com a justificativa de que a garota sofreu sequelas graves e teve que ser encaminhada para tratamento psicológico. A indenização foi estipulada em R$ 35 mil para a jovem em questão e R$ 15 mil para cada um dos familiares coautores do processo. A sentença, emitida pela juíza Paula do Nascimento Barros Gonzalez Teles, da 39ª Vara Cível do Rio de Janeiro, também exigiu uma retratação pública durante o programa, que foi feita na última segunda-feira (19).