Tecnologia

Startup baiana se destaca entre casos de inovação tecnológica no Brasil

Software desenvolvido por baianos facilita as manobras realizadas por navios em portos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Uma ferramenta desenvolvida por quatro sócios da startup Preamar para avaliar os risos e facilitar as manobras de um navio em determinado porto, tornando a carga e descarga das embarcações mais seguras, colocou a Bahia entre os 22 Casos de Inovação do Brasil. 

O desafio aceito por Mateus Lima e Bruno Balbi, formados em Oceanografia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) permitiu reduzir em 53% o tempo de espera dos navios no terminal de Cotegipe, o que representa, pelo menos, US$ 2 milhões de economia em cada safra.

(Reprodução: Gabriel Pinheiro)

O Sistema de Observação e Modelagem Costeira (SOMC) software desenvolvido pelos sócios, pode ser usado tanto pelos terminais quanto pela praticagem por conta de uma adaptação feita por eles para atender ambas as demandas.

"Apesar de ser a mesma tecnologia de gerar dados e fazer previsões, o prático precisa de informações que o terminal não precisa. Logo, são ferramentas diferentes. No prático, tem informação de qual o risco em toda navegação até o chegar ao porto. O porto quer saber quanto que ele carrega mais, então existe uma ferramenta da gestão do carregamento", afirma Balbi.

Com a visibilidade do projeto e o reconhecimento da Confederação Nacional da Indústria (CNI), os únicos baianos entre os casos de inovação tecnológica no país começam a planejar o futuro da startup.

"Ser reconhecido pela CNI e Sebrae é algo que nos faz perceber que estamos no caminho certo. A credibilidade aumentou muito e estamos usando isso a nosso favor. Acabamos de fechar um investimento com um grupo de capital de risco de São Paulo. Junto com eles, vamos colocar a estratégia comercial pra frente, a fim de conquistar clientes e, a partir do ano que vem, internacionalizar a ferramenta. A ideia é conquistar o mundo", projeta Balbi.