#todosjuntos

Startup brasileira usa inteligência artificial para ajudar a diagnosticar a COVID-19

Sistema para rastreamento de pacientes com coronavírus será disponibilizado gratuitamente para hospitais

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A Startup brasileira beeIT desenvolveu um sistema de triagem rápida para identificar pacientes com suspeita de contaminação pelo Covid-19. O objetivo do software – que será disponibilizado gratuitamente para hospitais e unidades de saúde de todo o Brasil – é reduzir a exposição do paciente contaminado com outras pessoas que estejam nas salas de espera dos pronto-atendimentos, diminuindo, desta forma, as chances de contagio e propagação da doença.

De acordo com o diretor da empresa, Sandro Pinheiro, o sistema é simples, funciona por plataforma online, a partir do preenchimento com os dados do paciente do Protocolo de Classificação de Risco padrão, que utiliza a classificação por cores para definir a prioridade do atendimento, além do preenchimento do protocolo da epidemia. 

“Em menos de 2 minutos, o software Salus orienta o enfermeiro da triagem sobre os procedimentos que ele deve adotar em cada caso. “Se for uma suspeita de Covid-19, por exemplo, informa as medidas que devem ser adotadas para evitar a contaminação, aplicando prevenção padrão ou por gotículas. Estas precauções vão deste o uso de máscaras e óculos até o isolamento total”, explica.

Os hospitais e unidades de saúde que queiram utilizar o serviço gratuitamente podem acessar do site da empresa.