Especiais

Taxistas não rodarão em bandeira 2 durante a Copa, diz Transalvador

Único lugar no Brasil que aprovou bandeira 2 foi o Distrito Federal

Redação Correio 24h
- Atualizada em

Os táxis de Salvador não vão rodar em bandeira 2 nos dias de jogos na Arena Fonte Nova pela Copa do Mundo. A informação é do superintendente da Transalvador, Fabrízzio Mueller. Segundo o superintendente, embora não tenha chegado a ele nenhum pedido formalizado por parte da Associação Metropolitana de Taxistas (AMT), havia uma expectativa da categoria para que isso acontecesse.

Foto: Marina Silva/ CORREIO

"Isso não está sendo feito em nenhum lugar no Brasil, apenas no Distrito Federal, que não concedeu aumentos para taxistas no último ano, diferente da gente", explica o superintendente. "Salvador não vai ser feriado (durante a Copa), a cidade vai estar funcionando normalmente. Conceder a bandeira 2 iria gerar um prejuízo para a população", acrescenta.Leia tambémCopa: 7 mil táxis estarão disponíveis para os torcedores em SalvadorNova tarifa de táxis começa a valer a partir de terça-feira que vem; confira valores

Aplicativo que facilita serviço de táxi é lançado em Salvador e já está disponível para uso

O superintende rebate argumentos dos taxistas de que rodar com o preço normal iria prejudicar a categoria, porque no trânsito ficará mais congestionado, além de passar por modificações e interdições, no período da Copa. "Vai ter muito turista, muita gente, vai ter trabalho para eles", acredita.


No Distrito Federal, o projeto que autoriza a bandeira 2 para todas as corridas de táxi no período da Copa do Mundo foi aprovado pela Câmara Legislativa esta semana. As viagens ficarão cerca de 27% mais caras.Matéria original Correio 24hTaxistas não rodarão em bandeira 2 durante a Copa, diz Transalvador