Educação

Ufba oferece quase mil vagas residuais; veja cursos disponíveis

Inscrições começam na próxima segunda (7); aulas começam em agosto

Thais Borges, do Correio 24 horas
O estudante Daniel Thamas, 21 anos, sempre quis cursar Direito. Ele chegou a se matricular no Bacharelado Interdisciplinar (BI) de Humanidades da Universidade Federal da Bahia (Ufba) para, posteriormente, tentar ingressar na sonhada graduação, mas acabou desistindo quando foi aprovado na lista de Administração na mesma instituição. 
Foto: Arquivo CORREIO
Cinco semestres de curso depois, Daniel decidiu que vai atrás de sua verdadeira vocação. Vai fazer a seleção para vagas residuais, na modalidade transferência interna. A Ufba vai abrir, a partir de segunda-feira (7), as inscrições para a seleção de vagas residuais na instituição. Este ano, serão disponibilizadas 953 matrículas em 88 opções de curso. As aulas começam já no segundo semestre, no dia 21 de agosto. 
A primeira etapa de seleção é justamente a transferência interna – as inscrições vão até quarta-feira (9). Podem participar os estudantes da Ufba que já estão em cursos da mesma modalidade (cursos de progressão linear, BIs cursos superiores em tecnologia) da graduação desejada.
Nessa etapa, que usa as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), não é cobrada taxa de inscrição, que deve ser feita no site da universidade.
Já a segunda etapa envolve uma prova de conhecimentos específicos e contempla os candidatos que querem fazer transferência externa, os portadores de diploma e aqueles que porventura tenham deixado a universidade e pretendem reingressar no mesmo curso. Também é possível fazer transferência interna, caso os alunos não tenham sido aprovados com a nota do Enem.
Para essa fase, as inscrições terão início no dia 28 de maio e vão até 4 de junho. Para transferência interna e reintegração de curso, há uma taxa de R$ 63. Para transferência externa, o valor é de R$ 179, enquanto os portadores de diploma pagam R$ 210.
Daniel Thamas pretende tentar tanto com a nota do Enem quanto a prova específica, caso não venha a ser aprovado na primeira etapa.
“A Ufba é um lugar multicultural, que tem muitas atividades e associações de estudantes, empresas juniores... E eu não estava me vendo participando dessas coisas em Administração”, explica o estudante. 
Como está na metade do curso, ele já se acostumou a escutar comentários de pessoas que dizem para ele só fazer Direito depois que concluir Administração. No entanto, a família é uma das maiores apoiadoras da decisão. “Tem que ter coragem. Algumas pessoas até acham que eu faço Direito, de tanto que eu falo sobre isso. Não adianta estar numa coisa que não está explorando o máximo do seu potencial”. 
Três para um 
De acordo com o pró-reitor de Graduação da Ufba, Penildon Silva Filho, a concorrência média da seleção para os postos residuais é de três candidatos por vaga. Ele considera ‘razoável’ o número de oportunidades disponível – o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do meio do ano, por exemplo, tem 1,5 mil. 
“As vagas residuais são vagas que acabam aparecendo em diversos cursos porque alguns alunos desistem, outros se formam mais cedo, outros são desligados. É importante que as pessoas fiquem atentas às duas fases da seleção”, ressalta. 
Segundo o coordenador de seleção e orientação da Pró-Reitoria de Graduação, Osanar Silva, as vagas ofertadas não podem passar de 20% do total disponibilizado originalmente para cada curso. Diferentemente do Sisu, que são vagas novas criadas a cada ano, as residuais são pré-existentes. 
“E esse é um processo que o pessoal fica ansioso para chegar. Há um atrativo grande. Este ano, desde fevereiro estão cobrando. O pessoal liga, passa e-mail, todo mundo quer saber”, conta Osanar. 
A contadora Manuela Garrido, 36, é uma das que vão fazer a segunda etapa, entre os portadores de diploma. Ela se formou em 2016 e, agora, pretende fazer Direito. Tem vontade de fazer a seleção para as vagas residuais desde o ano passado, quando perdeu o prazo de inscrição. 
Desde então, ela estuda todas as noites, pelo menos uma hora por dia. Ao contrário de alguns candidatos, Manuela não pensa em mudar de profissão. Pelo contrário: está satisfeita com as Ciências Contábeis.
“Eu não quero advogar, mas acredito que juntando as Ciências Contáveis com o Direito, vai ajudar a promover ao meu cliente um tipo de atendimento melhor. Gosto da minha profissão, mas quero melhorar. Quero prestar um serviço melhor dentro da contabilidade”, diz Manuela. 
A estudante de Jornalismo Júlia Teixeira, 20, por outro lado, não está feliz com o curso. Ela conta que até gosta de produzir conteúdo, mas se sente insatisfeita com as perspectivas do mercado de trabalho na área. Por isso, decidiu fazer Psicologia. No ano passado, até fez o Enem, mas não conseguiu uma nota suficiente. 
“Eu tenho certa afinidade com Jornalismo, mas eu entrei na faculdade logo depois do ensino médio. Tinha uma ideia muito imatura de qualquer carreira que eu fosse seguir na faculdade, mas desde aquela época, já gostava de Psicologia”. 
No início, a família queria que Júlia tivesse concluído a graduação antes de ingressar em outra. Agora, já conseguem enxergar um cenário diferente. “Eles estão começando a entender que é ruim para mim insistir numa coisa que eu não quero e que não me deixa feliz”, diz. 
Calcular riscos
Para o presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos na Bahia (ABRH-BA), Cézar Almeida, é importante avaliar os sonhos e os riscos. “O sonho tem preço, então é óbvio que a situação de vida de muitas pessoas não permite mudanças radicais, mas, ao mesmo tempo, as pessoas podem planejar isso e fazer de forma cadenciada. Vai haver um certo sacrifício, mas dá”, comenta. 
Ele explica que correr riscos é importante. No entanto, é preciso observar em que momento da vida esses riscos podem ser vividos – ou seja, antes de tomar uma atitude arriscada, é recomendável avaliar o contexto familiar e social. Mas ele acredita que, quando as pessoas mudam por um desejo, meta ou sonho, tornam-se mais corajosas.
“Saber equilibrar isso é o caminho para que uma carreira seja bem-sucedida. O sucesso não vai ter ligação com a quantidade de dinheiro ou de prêmios que a pessoa teve, mas da sensação que ela tem de que está fazendo o que realmente quer”. 
Segundo Almeida, a sociedade vive, hoje, uma mudança de paradigmas. Se, antes, uma pessoa escolhia um trabalho e seguia naquilo até o fim, atualmente, não existe permanência. Ao mesmo tempo, até alguns anos atrás, ele destaca que a carreira era associada à estabilidade e às oportunidades no mercado de trabalho. 
“Nem as organizações, nem as pessoas davam tanta atenção a essa coisa do significado. Hoje, são observados outros fatores, como o talento individual, o propósito e o legado que você quer deixar. É natural que, nesse processo, as pessoas busquem outras carreiras”. 
Confira o número de vagas por curso
Administração - Diurno - Salvador - 20 vagas
Arquitetura e Urbanismo - Noturno - Salvador - 3 vagas
Arquitetura e Urbanismo - Diurno - Salvador - 9 vagas
Arquivologia - Diurno - Salvador - 9 vagas
Arquivologia - Noturno - Salvador - 9 vagas
Artes Cênicas - Direção Teatral - Diurno - Salvador - 2 vagas
Artes Cênicas - Interpretação Teatral - Diurno - Salvador - 4 vagas
Artes Plásticas - Diurno - Salvador - 12 vagas
Bacharelado Interdisciplinar em Artes - Diurno - Salvador - 3 vagas
Bacharelado Interdisciplinar em Artes - Noturno - Salvador 7 vagas
Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia - Diurno - Salvador - 3 vagas
Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia - Noturno - Salvador - 7 vagas
Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades - Diurno - Salvador - 3 vagas
Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades - Noturno - Salvador - 7 vagas
Biblioteconomia e Documentação - Diurno - Salvador - 12 vagas
Biotecnologia - Diurno - V.da Conquista - 9 vagas
Biotecnologia - Noturno - Salvador - 10 vagas
Canto - Diurno - Salvador - 2 vagas
Ciência da Computação - Diurno - Salvador - 5 vagas
Ciências Biológicas - Diurno - V.da Conquista - 13 vagas
Ciências Biológicas - Diurno - Salvador - 10 vagas
Ciências Biológicas - Noturno - Salvador - 5 vagas
Ciências Contábeis - Diurno - Salvador - 30 vagas
Ciências Contábeis - Noturno - Salvador - 10 vagas
Ciências Econômicas - Diurno - Salvador - 18 vagas
Composição e Regência - Diurno - Salvador - 4 vagas
Computação - Noturno - Salvador - 9 vagas
Comunicação - Jornalismo - Diurno - Salvador - 12 vagas
Comunicação - Produção Cultural - Diurno - Salvador - 12 vagas
Dança - Diurno - Salvador - 15 vagas
Dança - Noturno - Salvador - 15 vagas
Design - Diurno - Salvador - 5 vagas
Direito - Diurno - Salvador - 20 vagas
Direito - Noturno - Salvador - 20 vagas
Educação Física - Diurno - Salvador - 8 vagas
Enfermagem - Diurno - Salvador - 10 vagas
Enfermagem - Diurno - V.da Conquista - 8 vagas
Engenharia Civil - Diurno - Salvador - 18 vagas
Engenharia de Agrimensura e Cartográfica - Noturno - Salvador - 9 vagas
Engenharia de Computação - Noturno - Salvador - 9 vagas
Engenharia de Controle e Automação de Processos - Noturno - Salvador - 9 vagas
Engenharia de Minas - Diurno - Salvador - 10 vagas
Engenharia de Produção - Noturno - Salvador - 9 vagas
Engenharia Elétrica - Diurno - Salvador - 15 vagas
Engenharia Mecânica - Diurno - Salvador - 8 vagas
Engenharia Química - Diurno - Salvador - 5 vagas
Engenharia Sanitária e Ambiental - Diurno - Salvador - 9 vagas
Estatística - Diurno - Salvador - 12 vagas
Farmácia - Diurno - Salvador - 15 vagas
Farmácia - Noturno - Salvador - 9 vagas
Farmácia - Diurno - V.da Conquista - 8 vagas
Filosofia - Diurno - Salvador - 10 vagas
Física - Diurno - Salvador - 10 vagas
Física - Noturno - Salvador - 8 vagas
Fisioterapia - Diurno - Salvador - 40 vagas
Fonoaudiologia - Diurno - Salvador - 20 vagas
Gastronomia - Noturno - Salvador - 18 vagas
Gênero e Diversidade - Noturno - Salvador - 10 vagas
Geofísica - Diurno - Salvador - 6 vagas
Geografia - Diurno - Salvador - 5 vagas
Geografia - Noturno - Salvador - 5 vagas
Geologia - Diurno - Salvador - 5 vagas
História - Noturno - Salvador - 9 vagas
Letras Vernáculas - Licenciatura - Noturno - Salvador - 9 vagas
Língua Estrangeira - Inglês/Espanhol - Licenciatura - Noturno - Salvador - 5 vagas
Licenciatura em Ciências Naturais - Diurno - Salvador - 12 vagas
Licenciatura em Desenho e Plástica - Diurno - Salvador - 12 vagas
Licenciatura em Teatro - Diurno - Salvador - 5 vagas
Matemática - Diurno - Salvador - 12 vagas
Matemática - Noturno - Salvador - 9 vagas
Medicina Veterinária - Diurno - Salvador - 10 vagas
Museologia - Diurno - Salvador - 8 vagas
Nutrição - Diurno - Salvador - 10 vagas
Nutrição - Diurno - V.da Conquista - 8 vagas
Oceanografia - Diurno - Salvador - 6 vagas
Odontologia - Diurno - Salvador - 30 vagas
Pedagogia - Diurno - Salvador - 18 vagas
Pedagogia - Noturno - Salvador - 10 vagas
Psicologia - Diurno - Salvador - 18 vagas
Psicologia - Diurno - V.da Conquista - 9 vagas
Química Lic. e Bach. - Diurno - Salvador - 16 vagas
Química Licenciatura - Noturno - Salvador - 9 vagas
Saúde Coletiva - Noturno - Salvador - 15 vagas
Secretariado Executivo - Diurno - Salvador - 20 vagas
Serviço Social - Diurno - Salvador - 18 vagas
Superior de Decoração - Diurno - Salvador - 4 vagas
Tecnologia em Transporte Terrestre - Noturno - Salvador - 9 vagas
Zootecnia - Diurno - Salvador - 20 vagas