Educação

UniRuy prepara estudantes para os desafios dos profissionais do direito do futuro

É fundamental preparar os novos bacharéis, desenvolvendo competências e habilidades que permitam a resolução dos problemas que lhes são postos

Publieditorial
- Atualizada em

A sociedade tem passado por intensas e rápidas transformações. A pandemia da covid-19 veio apenas para acelerar ainda mais esses processos. Inovações tecnológicas, virtualização da vida, tudo isso têm impactado as diferentes esferas da vida. Com a área jurídica, é claro, não seria diferente.


O Centro Universitário UniRuy enxerga que, em primeiro lugar, é fundamental preparar os novos bacharéis, desenvolvendo competências e habilidades que permitam a resolução dos problemas que lhes são postos. Na era da informação, o ensino meramente transmissivo, no qual os professores apenas transmitem conteúdos não dá conta dos desafios que os atuais estudantes e futuros profissionais enfrentarão. As informações estão disponíveis, acessíveis a um click no smartphone. O desafio, agora, é o que fazer com as informações, com os conteúdos. Eles devem ser mobilizados para resolver os problemas que são postos ao profissional.

Em uma sociedade hiperconectada, com avanço da IoT (internet das coisas), da IA (inteligência artificial), com o uso massivo de algoritmos, do Big Data, novos desafios estão sendo colocados às profissões, em especial ao direito.

Novas tecnologias trazem consigo novas questões tributárias, impactos nos contratos (smart contracts), no direito penal, no direito do consumidor, desafios para a Administração Pública, entre outros. Um mundo cada vez mais globalizado e interconectado desafia os limites e demanda a formação de profissionais do direito que possam lidar com esses desafios, desenvolvendo competências e habilidades que permitirão interagir nesses novos tempos de mudanças rápidas e disruptivas.

Um estudante que ingressa hoje no curso de direito no UniRuy se formará em 2026, portanto precisa ser preparado para o que encontrará em 2026. Do ponto de vista do ensino jurídico, um ensino baseado em competências, na resolução dos casos concretos, que alie teoria e prática, permitindo que o estudante aprenda a teoria resolvendo problemas concretos que lhes são postos. O UniRuy prepara o profissional para saber lidar com a inovação, com a disrupção, com a tecnologia, com a proteção dos dados pessoais. A comunicação precisa ser mais fluída, valendo-se de novas técnicas, como o visual law e o legal design. O profissional também precisa ser preparado para atuar no mundo digital, interagindo com clientes e tribunais por meio do ambiente virtual.

O Curso de Direito do UniRuy trabalha intensamente para o desenvolvimento dessas competências em seus egressos, trabalhando ao lado das demandas tradicionais do direito, questões atuais e disruptivas, como a proteção de dados pessoais, ministrada tanto na graduação quanto em inúmeros eventos, cursos e treinamentos. No Centro de Empreendedorismo e Inovação, o CEI, o estudante do UniRuy tem contato com novas tecnologias, novas formas de gestão, tudo de maneira interdisciplinar, dialogando com os cursos das áreas de negócios, tecnologia e saúde. Ao lado da elevada formação técnica, o desenvolvimento das soft skills, isto é, das competências relacionais, tão importante para se trabalhar em equipes. O contato com a realidade social, a indissociabilidade entre teoria e prática, é estimulada em todas as disciplinas, em especial no Núcleo de Práticas Jurídicas. Dessa maneira, o estudante se transforma em protagonista do próprio aprendizado, o que lhe dará cada vez mais autonomia.