Comportamento

Veja como identificar uma situação de assédio sexual no seu trabalho

Especialista destaca situações que podem não ser vistas, de primeira, como um abuso

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Você sofre ou já sofreu assédio sexual no trabalho? Às vezes, ele acontece de forma explícita e evidente, mas é normal também ele acontecer de uma forma mais velada e implícita. Por isso é importante se manter atenta a situações específicas no seu ambiente profissional. É o que destaca Lu Magalhães, presidente da editora Primavera Editorial.

Foto: Reprodução

"É importante saber que o assédio sexual no trabalho envolve qualquer provocação, proposta ou chantagem manifestada por palavras (assédio sexual sem contato físico); por gestos feitos pessoalmente ou em meios eletrônicos: e-mail, redes sociais ou Whatsapp", destaca Lu. A empresária destaca duas situações em que o assédio fica evidente no trabalho.

A primeira fala de profissionais que criam situações, sistematicamente, para ficar sozinhos com a mulher. Reuniões fora de hora e com objetivo impreciso, pretextos de conversas profissionais inconsistentes – esses são alguns dos sinais que devem despertar um alerta.



A segunda são os comentários grosseiros e toques inadequados. Homens que ao conversar sempre dão um jeito de tocar a mulher; abraços demorados e apertados demais – quando a profissional não deu nenhuma abertura para tal. O nível hierárquico superior ao da vítima também deve ser levado em conta, entretanto, há assédio sexual cometido por profissionais em cargos similares ao da mulher. Esses são os chamados assédio sexual por intimidação.