Comportamento

Veja dicas valiosas de especialistas para aprender a dizer 'não'

Não saber dizer 'não' traz prejuízos à saúde física e mental

Agência O Globo

Saber dizer não quando necessário é uma tarefa árdua para muita gente. O medo de ser rejeitado pelo outro é um dos principais motivos. "Algumas pessoas aprenderam que apenas agradando às outras elas serão aceitas. Outras evitam, a todo custo, entrar em conflito ou se preocupam muito com o que vão pensar dela", diz Renata de Azevedo, psicóloga.

Mais do que passar a impressão errada para o outro, não saber dizer não traz prejuízos à saúde física e mental.

— A pessoa acumula tarefas das quais ela não dará conta e isso faz com que todo seu tempo esteja comprometido com a vontade do outro. Depois de um tempo, a pessoa acaba “estourando” por conta de todo o sim que ela disse quando deveria ter dito não — explica Rodrigo Fonseca, presidente da Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional.

Desenvolver a habilidade de dizer não, apesar de ser um processo difícil, faz bem à qualidade de vida de quem se abre à mudança.

— O indivíduo deixa de fazer pelo outro e passa a fazer para si, fica menos sobrecarregado, começa a ter o direito de escolha real sobre as coisas que faz. E quando precisa fazer algo que não gosta, fica menos incomodado — afirma a coach Soraya Salomão.

A coach de organização pessoal Joana D’arc Souza, de 34 anos, diz que sempre se considerou uma pessoa prestativa que buscava ajudar as pessoas até mesmo quando isso, de alguma forma, me prejudicava. Mas um dia percebeu que devia mudar.


— Ao passar pelo meu primeiro processo de coaching, quando troquei de carreira, me dei conta de que era fundamental me priorizar e identificar o que era da minha alçada. Isso fez toda a diferença: aprendi não apenas a dizer não para os outros, mas principalmente dizer sim para mim.